Anúncio

Prefeitura de Guarapari garante legalidade na compra do terreno do hospital; E prestará esclarecimentos dentro do prazo estipulado pelo TCE-ES

Por Aline Couto

Publicado em 10 de abril de 2019 às 17:25
Atualizado em 10 de abril de 2019 às 17:25

Anúncio

A notificação do TCE fala de irregularidade na estimativa do valor pago na desapropriação do terreno do Hospital e Maternidade Cidade Saúde e por isso o tribunal viu a necessidade de maiores informações a respeito.

Foto: Arquivo/Folha.

Após a divulgação da decisão do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) em que notifica o atual prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, o ex-prefeito do município, Orly Gomes e a sociedade empresária Hospital Guarapari S/A para prestação de informações a respeito do terreno onde está sendo construído o Hospital Materno Infantil Cidade Saúde, a prefeitura foi procurada e se manifestou.

A administração municipal disse já estar ciência da notificação e que irá prestar todos os esclarecimentos ao órgão, dentro do prazo estipulado. O prazo dado pelo TCE é de cinco dias a contar da publicação da decisão.

Na ocasião do questionamento a prefeitura, a mesma aproveitou e enviou explicações a cerca de valores divulgados na mídia em que davam conta de superfaturamento na compra do terreno.

“Circula na internet falsas informações sobre a desapropriação do imóvel, onde o município está construindo o Hospital Cidade Saúde, alegando superfaturamento. No processo de desapropriação do imóvel, consta um Laudo de Avaliação da Área, no valor de R$ 1.000.000,00, e outro laudo referente às benfeitorias previamente já executados, no valor de R$ 2.015.768,86. Com um valor total avaliado em R$ 3.015.768,86 de desapropriação do terreno e da obra inacabada, o município conseguiu adquirir o imóvel por R$2.900.000,00, valor abaixo do avaliado”.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

montagem terreno Ipiranga2

Guarapari: dona de imóvel no Ipiranga reclama da falta de ordenamento público no bairro

De acordo com o relato, no local há um terreno abandonado acumulando lixo, um ônibus estacionado na rua com uma família morando e calçada sendo usada como varal de roupa

frio-inverno

Inverno começa com alerta de queda de até 5°C nas temperaturas em Guarapari

O alerta emitido pelo Inmet aponta frio intenso em 35 cidades do Estado

Anúncio

Anúncio

vacina_covid_19

Pessoas acima de 40 anos já podem agendar a imunização contra Covid-19 em Guarapari

A vacinação acontecerá na quarta (23), no Complexo Esportivo, em Muquiçaba.

volta às aulas pmg

Aulas presenciais são liberadas para todos os níveis a partir desta segunda (21) no ES

Novo mapa de risco passa a vigorar com 58 cidades em classificação moderada

Anúncio

pfizer

Guarapari abre hoje (21) novo agendamento para vacinar profissionais da educação contra Covid-19

eduardo-junho-vermelho-doacao-de-sangue

Junho Vermelho: em Guarapari ações e campanhas incentivam doação de sangue

Trabalho visa contribuir com difícil tarefa do Hemoes*

Anúncio