Anúncio

Prefeitura devolve novamente peça orçamentária a Câmara de Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 1 de fevereiro de 2019 às 11:43
Atualizado em 1 de fevereiro de 2019 às 13:10

Anúncio

O orçamento 2019, com o veto derrubado pelo legislativo, não foi promulgado pelo prefeito e retorna para as mãos dos parlamentares

Após muitas idas e vindas, além debates acalorados, a peça orçamentária 2019 de Guarapari foi aprovada no dia 16 de janeiro e encaminhada para a prefeitura. Por sua vez, o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães entendeu que a emenda dos parlamentares que previa 5% de suplementação do orçamento, de R$ 396 milhões, tinha uma porcentagem pequena para trabalhar e pediu uma mudança para 30%, com foi dada em 2018, e vetou a emenda.

Prefeitura devolve novamente peça orçamentária a Câmara de Guarapari

Documento mostra data e hora de quando foi protocolado na prefeitura.

Mas, no dia 28 do mesmo mês, os parlamentares derrubaram o veto e mantiveram os 5% de suplementação. A peça foi levada para o poder executivo no dia seguinte, 29, onde foi protocolada as 17h41. De acordo com o documento, o prefeito teria 24h para promulgar o orçamento 2019 do município e começar a trabalhar com os valores aprovados.

Findadas às 48 horas, a prefeitura foi procurada e confirmou a não assinatura da peça orçamentária e o retorno da mesma para a Casa de Leis.

Questionado sobre qual o próximo passo, o vereador Marcos Grijó (PDT), componente da Mesa Diretora da Câmara, disse que os parlamentares pretendem realizar uma coletiva de imprensa ainda hoje (01) para que os mesmo possam promulgar o orçamento. “O prefeito tem R$ 396 milhões para dividir em pagamento de funcionalismo, saúde, assistência social, infraestrutura e tudo o que é necessário para gerir um município, além dos 5% de suplementação, R$ 20 milhões, que são mais do que suficientes. Se ele precisar de mais dinheiro, é só solicitar ao parlamento. Iremos analisar o pedido e, se for realmente preciso, liberamos a verba”, explicou.

Atualização em 01/02/2019, às 13:06

Em contato com a redação do folhaonline.es, a Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Guarapari informou que ainda não há previsão para coletiva de imprensa e que, em razão do ineditismo do fato, o órgão realizará estudo antes da tomada de providências.

A equipe de redação do jornal segue acompanhando o desenrolar dos fatos.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

PHOTO-2021-11-29-15-02-06

Artigo: tomar ou não a vacina? Será que posso ser demitido?

vacina pfizer crianças

Mutirão vai aplicar vacina da Covid-19 para diversos públicos em bairros de Guarapari

Confira público-alvo de cada etapa da vacinação e Unidades de Saúde para cada dia do mutirão

Anúncio

Anúncio

radium-arquvo-foes

Guarapari: novo projeto do Radium Hotel será apresentado nesta terça (07)

reproducao_folhaOvitoria-CDP_Xuri

21 detentos fugiram da Penitenciária do Xuri, em região vizinha à Guarapari

Confira quais são os fugitivos

Anúncio

800px-Mangalarga_Marchador

Anchieta recebe campeonato do Cavalo Mangalarga Marchador neste fim de semana

WhatsApp-Image-2021-12-03-at-5.53.51-PM-1

84° Mapa de Risco Covid-19: ES continua em Risco Baixo na próxima semana

Anúncio