Anúncio

Produção de ovos caipiras é aposta da agroindústria de Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 21 de setembro de 2019 às 09:00
Atualizado em 20 de setembro de 2019 às 15:07
Anúncio

Dando continuidade à série especial de reportagens em comemoração aos 128 anos de emancipação política de Guarapari, a matéria a seguir fala sobre as agroindústrias que possuem o registro no Serviço de Inspeção Municipal – S.I.M., com destaque para o agronegócio de produção de ovos caipiras.

Na propriedade rural do Sr. Nivaldo, as galinhas são criadas livres de gaiolas e recebem alimentação especial. Fotos: Divulgação

Guarapari já conta com três entrepostos do produto em funcionamento e devidamente registrados

Com 18 agroindústrias que possuem o registro no Serviço de Inspeção Municipal – S.I.M., o mercado vem se destacando em Guarapari. Entre laticínios, embutidos, mel e pescado, por exemplo, o ovo caipira também está entre as apostas para alavancar o desenvolvimento do setor e estimular os produtores rurais a investirem.

Esse foi o caso do Nivaldo Ferrarini que, acreditando no potencial do agronegócio, decidiu deixar o serviço público para se dedicar a produção de ovos caipiras. O sítio, na localidade de Buenos Aires, queera utilizado apenas para aluguéis de fim de semana e feriados, há quase dois anos, passou a abrigar também 600 galinhas e toda estrutura de que inclui o entrepostocom o selo do S.I.M. e uma produção de cerca de mil dúzias por mês.

“Vi nesse mercado a oportunidade para aumentar a renda familiar. Agora, já estou no segundo lote e, até o final do ano, quero aumentar a produção em 50%. Sou produtor rural, agricultor familiar e tenho muito orgulho disso”, ressaltou Nivaldo.

De acordo com o produtor rural, a alimentação e o manejo fazem das galinhas e dos ovos caipiras. “As galinhas são criadas livres de gaiolas e com área de pastejo aberto ao redor do galpão. Além disso, a ração é especial e os animais recebem suplementação alimentar vegetal para deixar a coloração da casca mais clara e das gemas mais amarelas”, descreveu.

Nivaldo explicou que seguiu todas as normas e orientações do município para o entreposto, onde é feita a limpeza manual e individual de cada ovo, seguida da ovoscopia e da classificação, terminando no embalo e armazenamento para entrega.

E toda produção do sítio Recanto dos Lagos tem mercado garantido. As redes sociais e a propaganda boca a boca têm auxiliado a venda. As quartas-feiras, Nivaldo percorre a cidade fazendo as entregas diretas ao consumidor em residências, estabelecimentos comerciais, prédios públicos e também em pontos de revenda do comércio.

Em tempo

Segundo dados da Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), o município possui três agroindústrias de ovos caipiras com registro no S.I.M. e outras duas em processo de obtenção entre dez solicitações em andamento. “Todos os nossos esforços estão voltados para motivar aqueles que querem empreender, tendo como resultado a geração de emprego e renda. Além disso, estamos conseguindo, através do registro, levar alimentos de qualidade para a mesa do consumidor”, comentou Thereza Christina Barros, titular da pasta.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari