Anúncio

Professor de Guarapari lança livro sobre preservação do Rio Benevente

O Rio abrange cinco municípios capixabas: Alfredo Chaves e Anchieta em sua totalidade, e parcialmente os municípios de Iconha, Piúma e Guarapari

Por Redação FolhaOnline.es

Publicado em 27 de janeiro de 2024 às 12:00

Anúncio

WhatsApp Image 2024 01 24 at 15.34.37
Foto: divulgação.

Economia do Meio Ambiente e a Gestão das Águas no Brasil e no Espírito Santo é o mais recente livro lançado pelo professor Oldair Luiz Gonçalves, de 57 anos, do Instituto Federal de Espírito Santo (Ifes) de Guarapari. A obra, segundo ele, inclui o Rio Benevente e é o primeiro programa de proteção de águas no Estado. “A nossa ideia é colaborar para um mundo melhor e mostrar que preservar a água é mais rentável para a humanidade”, disse.

Estudioso da área, Oldair revelou que o livro é resultado do mestrado em Economia que ele fez na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). “Na época esse tema estava em alta no mundo. Então, fui a campo para pesquisar e juntar informações”, completou.

Ainda segundo Oldair, o Brasil possui a maior disponibilidade de água doce do mundo, porém, a distribuição da água é desigual em seu território. Para que se mantenha a quantidade e qualidade de água necessárias é essencial entender a situação atual desse precioso recurso e o que pode acontecer no futuro caso continuemos a utilizar a água da mesma forma.

“Esse livro se constitui, em um resumo, e tem por objetivo apresentar, de forma simples e acessível, um roteiro para que os usuários, comunidades e consumidores de água possam compreender quais são as ações prioritárias, que deverão ser realizadas na Bacia Hidrográfica do Rio Benevente para que se garanta o acesso a qualidade de vida”.

O educador físico Eriki Gaigher, de 36 anos, é amigo do professor e fã do trabalho. “Fiquei muito interessado com o conhecimento recebido por meio do livro. Agora, quero contribuir para a manutenção dos mananciais por meio de políticas públicas sustentáveis”.

De acordo com engenheiro Ambiental Antônio Marcos Orlandi, o Rio Benevente nasce no município de Alfredo Chaves, na Serra do Tamanco, Distrito de São Bento de Urânia, percorre cerca de 80 km e tem sua foz no município de Anchieta, onde forma um manguezal. Possui uma área de drenagem de aproximadamente 1.260 km2 e abrange cinco municípios capixabas: Alfredo Chaves e Anchieta em sua totalidade, e parcialmente os municípios de Iconha, Piúma e Guarapari. Limita-se ao norte com a bacia do Rio Jucu, a oeste com as bacias dos rios Itapemirim e Novo.

*por Clóvis Rangel

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

policia-civil_pc_viatura

DHPP Guarapari prende irmão de um dos traficantes mais procurados do Estado

O indivíduo, que foi detido em Anchieta, atuava como gerente do tráfico e é irmão de Willian Zanoli, vulgo “Terceirão”

WhatsApp Image 2024-02-27 at 09.39.591

Aluno da APAE Guarapari conquista 3º lugar em Olimpíada de Matemática

Com o diagnóstico de autismo, Adrian é assistido pela APAE Guarapari e estuda no EMEIEF Zilnete Pereira Guimarães

Anúncio

Anúncio

Janelas - Foto Telma Amaral

Grupo de teatro de Anchieta leva espetáculo ‘Janelas’ para outros municípios capixabas

Peça foi contemplada no edital de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura

20240226110635_IMG_2837

Guarapari é destaque no Plano de Expansão da ES Gás, que investirá R$ 100 milhões no Estado

O município será o 14º a receber gás natural no ES. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória

Anúncio

Navios de Cruzeiros. Foto Fernando Frazão -Agência Brasil

Governo do Estado quer cruzeiros marítimos de volta ao ES; Guarapari pode estar na rota

Estudos realizados na USP apontam parecer positivo para retomada de roteiro turístico no litoral capixaba

vacinacao-dengue-fev24

ES dá início à vacinação contra a dengue; postos de Guarapari começam a aplicar nesta terça (27)

Foram 58.530 doses de vacinas distribuídas para 23 cidades que compõem a Região Metropolitana de Saúde

Anúncio