Anúncio

Professor Raul Giovanelli foi morto em tentativa de ajudar idoso em Guarapari

Dois criminosos estão envolvidos no crime. Um deles foi detido nesta sexta-feira (19), outro permanece foragido

Por Gislan Vitalino

Publicado em 19 de novembro de 2021 às 18:15

Anúncio

Professor Raul Giovanelli foi morto em tentativa de ajudar idoso em Guarapari
Rafael dos Reis Santos, de 28 anos, é apontado como mandante do crime e segue foragido.

O professor de Educação Física Raul Giovanelli foi morto na tentativa de ajudar um idoso que tinha sido roubado em Guarapari. De acordo com a Polícia Civil, dois homens foram identificados como envolvidos no crime. Um deles, o executor dos disparos, foi detido hoje, enquanto o mandante, Rafael dos Reis Santos segue foragido.

De acordo com as investigações o crime teria ocorrido por mando de Rafael dos Reis Santos e o autor dos disparos foi um segundo criminoso, de 35 anos, cujo nome não foi divulgado pela polícia. O suspeito autor dos disparos foi detido e, em depoimento, confessou para a polícia que foi procurado por Rafael para roubar o colar e a pulseira de um senhor que caminhava na orla da Praia do Riacho. Em um esforço para evitar o crime, Raul teria tentado recuperar os bens e acabou morto. Rafael, de 28 anos, segue foragido.

Professor Raul Giovanelli foi morto em tentativa de ajudar idoso em Guarapari
Professor Raul Giovanelli, de 27 anos, foi morto ao tentar evitar furto em Guarapari. Caso chocou a cidade.

A informação foi divulgada em coletiva realizada na tarde desta sexta-feira (19), em Vitória. De acordo com a PC, Rafael Santos dos Reis foi identificado como o mandante do crime e dono da arma utilizada. “O Rafael tem um extenso histórico criminal aqui no estado, é evadido do sistema prisional e investigado por outros crimes, incluindo um outro que também pode ter sido latrocínio”, explicou o delegado Guilherme Eugênio, titular da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (Deic) de Guarapari.

O executor dos disparos foi preso na Serra, enquanto se escondia em casa de parentes. Segundo o delegado Rodrigo Sandi Mori, titular da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Serra, o detido não apresentou resistência a prisão. “Após recebermos informações da Deic de Guarapari, fizemos o levantamento no bairro Novo Horizonte, uma campana de mais de três horas e, em um momento mais oportuno, fizemos a prisão do suspeito”, explicou Rodrigo Sandi Mori.

A polícia trabalha agora para localizar o suspeito foragido e identificar os suspeitos de receptação do produto roubado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

siribeira montagem

Justiça decide pela suspensão do leilão do clube Siribeira, em Guarapari

UPA 0407

Vídeo: paciente registra UPA Guarapari cheia, com pessoas sentadas no chão

Anúncio

Anúncio

pmg_covid-testeantigeno

Prefeitura de Guarapari abre novo agendamento para testes de Covid-19

Canoa estadual (1)

“Amigos da Canoa” conquista pódios durante etapa do estadual de VA´A em Guarapari

Anúncio

Protesto contorno

PM informa que vias do Contorno de Guarapari já foram liberadas após protesto

De acordo com a polícia, houve diálogo com os manifestantes e as vias foram liberadas

Protesto contorno

Morador registra protesto fechando as duas vias no Contorno de Guarapari

Anúncio