Anúncio

Projeto implantará microchips de identificação em cães de Anchieta

O projeto prevê a microchipagem de todos os animais de Anchieta

Por Aline Couto

Publicado em 26 de maio de 2024 às 13:00

Anúncio

vacina caes 1 - Projeto implantará microchips de identificação em cães de Anchieta
Foto: divulgação.

Com o objetivo de investir mais no bem-estar animal, o município de Anchieta criou o Sistema Municipal de Identificação de Animais Domésticos (Smiad), através da microchipagem dos cães e identificação dos tutores, para um maior controle populacional desses animais.

“Vamos começar agora a primeira etapa de mobilização através dos agentes de saúde nos domicílios, com o objetivo de difundir o projeto, sua importância e a obrigatoriedade que está prevista por Lei Municipal nº 1.501/2021”, explicou Ana Mattos, Gerente Operacional de Bem-Estar Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

O projeto prevê a microchipagem de todos os animais de Anchieta. “Não conseguiremos fazer em curto prazo, pois temos 11.800 domicílios. A campanha será de forma setorial, temos uma estimativa de animais, mas não o valor completo. Por isso, paralelo a campanha, serão realizados questionários para entender e conhecer essa demanda”, explicou Ana.

Após toda mobilização, a microchipagem será realizada, com previsão de início para o mês de agosto. O projeto terá dois vieses: um dentro do controle populacional, para uma fiscalização efetiva para detectar animais que tem donos e ficam na rua. “A Lei também fala da guarda responsável e queremos efetivar isso. Com o aumento no número de animais na rua, também aumento o número de animais errantes. Com a identificação temos o objetivo junto com a castração do controle populacional desses animais”.

O outro ponto é o combate aos maus tratos. “Com os microchips conseguiremos identificar os animais, os possíveis donos e as questões de abandonos”, descreveu a gerente.

Realizado pelos técnicos da Gerência Operacional, o trabalho de identificar os cães será feito inicialmente de forma gratuita. “Toda população que tiver cães a partir de dois meses irá receber o chip e uma carteirinha para o cadastro dos tutores, que irão compor um banco de dados para buscas de identificação dos animais”.

O planejamento da pasta é identificar pelo menos 70% dos cachorros do município. “A partir da primeira rodada de microchips já teremos esses números de cães e quais os domicílios. A segunda etapa é manter em dia esse cadastro. Queremos unir a microchipagem com a vacinação de raiva dos cães, com o tutor levando a carteirinha da identificação para atualização se necessária. Desse jeito teremos acesso sem precisar rodar Anchieta de novo”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2023-10-10-at-16.24.33-1024x768

Incubadora do IFES Guarapari oferta últimas vagas para curso gratuito de Impressão 3D

Inscrições podem ser realizados on-line e vão até dia 23

casa-sinestescia-2024

Seminário debate cultura e inteligência para o turismo de Guarapari

Evento acontece nesta quarta (19) na Casa Sinestésica

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-18-at-10.47.46

Polícia prende suspeito de estuprar criança de 9 anos em Guarapari

Crime aconteceu no dia 15 de maio

whatsapp-image-2024-06-14-at-16-37-17

Guarapari conquista bronze na premiação Cidade Empreendedora do Sebrae

Reconhecimento premia cidades que incentivam o empreendedorismo

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-17-at-10.47.38

Polícia prende dois empresários por suspeita de envolvimento com comércio clandestino de carnes em Guarapari

Ação também interditou duas empresas

ce70bba0-29c7-11ef-895e-9d65eb610057-minified

Remoção das cabines de pedágio da Terceira Ponte começam nesta segunda (17)

Segundo o governador, em breve as cabines da Rodovia do Sol, em Guarapari, também serão removidas

Anúncio