Anúncio

Projeto promove educação ambiental e limpeza de praias em Guarapari

O Projeto Pérolas foi criado pela engenheira ambiental Yandressa Karine, em 2019, com o objetivo de sensibilizar as pessoas sobre a importância de preservar a natureza

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 23 de agosto de 2020 às 12:00
Atualizado em 24 de agosto de 2020 às 16:07
Anúncio
Foto: Arquivo Pessoal

Incomodada com os resíduos deixados por turistas e moradores nas praias de Guarapari, a engenheira ambiental Yandressa Karine Rodrigues de Pinho, de 30 anos, resolveu fazer algo para combater o problema. Assim, surgiu o Projeto Pérolas, que tem como principal objetivo promover a mudança de hábitos por meio da educação ambiental.

Yandressa, que é técnica em Meio Ambiente, engenheira ambiental e Mestre em Engenharia Ambiental, conta que o projeto surgiu enquanto fazia uma pesquisa para o mestrado. “Durante a pesquisa, que era sobre outro tema, encontrei um artigo sobre o microplásticos. Depois que li, percebi que a coisa era mais séria do que eu pensava e quis fazer algo a respeito”, relata.

Yandressa Karine Rodrigues e, ao fundo, Patrícia Rocha, que estão à frente do Projeto Pérolas. Foto: Arquivo Pessoal

Limpeza das praias

“Eu sempre ia para a praia coletar resíduos, tirava sacolas do mar, mas era uma pérola sozinha”, diz Yandressa. Depois de compartilhar com a amiga, Patrícia Rocha, de 27 anos, a ideia que existia no papel desde 2016, o Projeto Pérolas começou a ser colocado em prática. Juntas, as amigas começaram a mobilizar pessoas do ciclo de convivência para ajudarem nas ações de limpeza das praias e, em pouco tempo, a ideia ganhou outra dimensão.

“Hoje, nós fazemos a coleta pelo método internacional 5 minutos, que consiste em catar todo o lixo possível dentro desse tempo. Assim, ao final do processo, a pessoa percebe quanto ficou para trás”, conta a engenheira ambiental. Para ela, esse é um modo de sensibilizar as pessoas sobre a quantidade de lixo nas praias. “A ideia é que não se resuma a coletar lixo, porque não pode se tornar uma rotina. É preciso que esse lixo pare de ser produzido e isso só é possível com a sensibilização das pessoas”.

Além de coletar o lixo, o grupo independente realiza a separação do que pode ser reciclado e vende o material com o objetivo de, com o dinheiro arrecadado, adquirir equipamentos como blusas com proteção UV e bonés, que permitam desenvolver a tarefa com maior conforto e segurança.

ArFoto: Arquivo Pessoal

Projeto Pérolas

“O projeto vai muito além de coletar lixo. Nós fazemos trilhas para conhecer e limpar novas praias, fazemos um momento contemplação da natureza, nos reunimos para piqueniques, praticamos atividades físicas juntas, principalmente para alongar a região do pescoço, que acaba ficando em uma posição desconfortável durante o tempo que estamos coletando o lixo, praticamos pulseirismo. Acabamos fazendo de tudo um pouco, por isso o nosso lema é ‘um oceano de possibilidades’ “, explica Yandressa.

Hoje, o Projeto Pérolas já mobilizou cerca de 30 pessoas e conta com aproximadamente 10 colaboradoras permanentes, que acreditam que mudanças de hábitos podem colaborar para a preservação da natureza e tornar a cidade um lugar melhor para se viver.

Caso deseje tornar-se parte do projeto e acompanhar as ações do grupo, entre em contato através do instagram @projeto.perolas ou por meio do número (27) 99852-1409 (Yandressa).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais 75 casos da Covid-19 são notificados em Guarapari

Com isso, a cidade totaliza 10.682 notificações; 3.324 casos estão confirmados

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

Anúncio
Anúncio
chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

Anúncio
dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Anúncio