Anúncio

Rede de supermercados é alvo de investigação do MP por possível irregularidade na pesagem de frios

Por Sara de Oliveira

Publicado em 5 de novembro de 2019 às 15:51
Atualizado em 5 de novembro de 2019 às 15:53
Anúncio

Um vídeo publicado nas redes sociais denuncia possíveis diferenças entre o peso descrito na embalagem e o suposto peso real dos produtos.

Imagem Ilustrativa: Reprodução.

A Rede de Supermercados Carone foi notificada pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES), após denúncias de possíveis irregularidades na pesagem de frios. Por meio da Promotoria de Justiça do Consumidor de Vitória, o órgão instaurou um procedimento para investigar possíveis contradições entre o peso descrito nas embalagens de frios e o suposto peso real dos produtos.

Por meio de um vídeo divulgado nas redes sociais, um consumidor denunciou as supostas irregularidades. Nas imagens, o cliente utiliza uma balança do próprio supermercado para comparar os pesos. Em um dos exemplos, a etiqueta da embalagem registra 274 gramas, enquanto o peso da balança aponta apenas 126 gramas.

O MPES requisitou ao Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Espírito Santo (IPEM) a realização de vistorias em toda a rede de supermercados. Na notificação enviada ao Carone, o MPES requer que as normas que regem os direitos dos consumidores passem a ser cumpridas pela empresa, em especial para que o conteúdo líquido dos produtos expostos seja o mesmo das indicações do recipiente, da embalagem, rotulagem ou de mensagem publicitária.

De acordo com o Ministério Público, também foi solicitado que a rede de supermercados preste esclarecimentos no prazo de 10 dias.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Mais uma morte por Covid-19 em Guarapari; Município ultrapassa os 3.400 casos

A vítima fatal residia no bairro Muquiçaba que, sozinho, registra 244 casos e 7 óbitos

Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Liberada realização de eventos com até 100 pessoas em Guarapari

Permanece proibido o funcionamento de cinemas, boates, casas de show e afins

Anúncio
Anúncio
Foto: Hamilton Garcia

Estabelecimentos voltam a funcionar sem restrição de horário, em Guarapari

Além do comércio, o novo decreto flexibiliza o acesso às praias e a entrada de turistas na cidade

palacio-anchieta

Governo do Estado prevê orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021

Anúncio
Foto: Reprodução

Apae Guarapari arrecada alimentos para almoço solidário

O dinheiro da venda das refeições será destinado à manutenção da estrutura da instituição, que sofreu alguns devido às últimas chuvas

educacao-infantil

Divulgado protocolo para retorno das aulas presenciais na Educação Infantil no ES. Veja as regras!

Dentre as recomendações das secretarias de Educação e de Saúde, estão os cuidados básicos, como higienização correta dos espaços e o uso de máscaras

Anúncio