Anúncio

Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro

No entanto, autoridades estaduais dizem que ideia só irá para frente caso a população aprove

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 23 de maio de 2024 às 15:20

Anúncio

20240522 193014 - Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro
Reunião foi realizada pela Comissão de Meio Ambiente da Ales. Fotos: HM Comunicação.

A Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) realizou nessa quarta-feira (22) uma audiência pública para debater os impactos de uma possível obra de engordamento da faixa de areia da Praia do Morro. Proposta pela prefeitura de Guarapari, a iniciativa de engordar a orla da praia foi apresentada ao Departamento de Edificações e Rodovias do Espírito Santo (DER-ES), mas não houve sinal positivo para a execução da obra por parte do Governo do Estado até o momento.

A reunião ocorreu no auditório da Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Silva Mello, em Itapebussu, e contou com a presença dos deputados Fabrício Gandini e Zé Preto; membros da associação de moradores; dos vereadores Rodrigo Borges e Rosana Pinheiro e representantes do DER-ES e Ministério Público.

20240522 193424 - Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro

Com cartazes e camisetas com dizeres como “Engodamento não”, moradores apresentaram argumentos contra o projeto. Uma das reivindicações dos moradores que compareceram à audiência é a falta de comunicação sobre os desdobramentos e as fases do projeto. Houve alegação de que a prefeitura não atendeu aos pedidos de vistas do documento e não teria dado acesso para que a comunidade conhecesse o conteúdo.

Engenheiro contratado para fazer o projeto, José Carlos Guimarães foi responsável pela primeira explicação oficial. Ele contou que a sua empresa venceu a licitação para apresentar o projeto, e que recebeu R$230 mil reais pelo trabalho. O engenheiro explicou que recomendou, após estudos técnicos e laboratoriais, uma intervenção na orla por conta de processos erosivos, segundo ele causado por diversos fatores como ocupação desordenada, elevação do nível do mar, dentre outros. Assim, a faixa de areia seria aumentada em até 70 metros, segundo ele, para melhorar as condições de trânsito de banhistas e prática de atividades físicas, além de impedir o avanço da maré para o calçadão. 

O geólogo Carlos Marchiori, especialista em análise de risco geológico, estudou o caso voluntariamente e apresentou um laudo em que sustenta que o engordamento só se justifica quando há uma situação de perigo ou de dano iminente e indicou que esse não é o caso da Praia do Morro. Apresentando fotos da faixa de areia no ano de 2012 e comparando com imagens atuais, ele sustentou que houve, inclusive um alargamento natural da faixa de areia e que a praia está em equilíbrio. 

“Em Meaípe havia necessidade, mas na Praia do Morro não há essa erosão avançada (…) que precise de medidas técnicas. O engordamento pode trazer inúmeras consequências ambientais, pois as praias são os ambientes mais vulneráveis do planeta (…) e quando o homem ousa mexer nesse ambiente, que está em constante busca de equilíbrio, em 90% dos casos as intervenções não são eficazes”, defendeu.

Política

Jeferson Garcia Lima DER - Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro
Jeferson Garcia Lima, diretor do DER-ES

Em meio às manifestações contrárias, o diretor de Obras de Infraestrutura Logística do DER-ES, Jeferson Garcia Lima, garantiu que o governo do Estado só dará andamento ao projeto caso a população aprove a ideia. “O estado não vai fazer obra nenhuma que desça de goela abaixo dos moradores. Foi determinação do governador Renato Casagrande de, antes de haver qualquer investimento, ouvirmos a população. E isso vai ser feito”, explicou.

O deputado Zé Preto, requerente da reunião, também ressaltou o compromisso em dialogar e ouvir a população e disse não acreditar que o governador Renato Casagrande estaria disposto em fazer uma obra que o povo não aprova.

“O correto é fazer isso que está acontecendo aqui. Agradeço ao Gandini, que prontamente atendeu meu requerimento. Nós temos que atender e dialogar com a população, temos o entendimento que população é contra. Se o povo é contra, eu também sou contra, e tenho certeza que o governador também pensa dessa forma. Ele não vai fazer uma obra que o povo não quer”, afirmou.

20240522 193302 - Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro
Os deputados estaduais Zé Preto e Fabrício Gandini

Já o presidente da Comissão de Meio Ambiente, deputado Gandini. destacou que a ata da audiência vai servir de documento para que o governo possa balizar a opinião da população, antes de deliberar sobre o investimento. “Foi um grande avanço, e a comunidade pôde conhecer o projeto, principalmente, porque havia dúvida se ele existia de fato (…) A Associação trouxe um geólogo que faz afirmações importantes, que precisam ser analisadas pelo setor competente estadual. A gente vai levar uma comissão daqui, dessa reunião, para conversar com o DER e verificar qual a disponibilidade do estado de entender que não é de interesse da comunidade esse empreendimento aqui na Praia do Morro”, finalizou.

*Com informações da Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp-Image-2023-10-10-at-16.24.33-1024x768

Incubadora do IFES Guarapari oferta últimas vagas para curso gratuito de Impressão 3D

Inscrições podem ser realizados on-line e vão até dia 23

casa-sinestescia-2024

Seminário debate cultura e inteligência para o turismo de Guarapari

Evento acontece nesta quarta (19) na Casa Sinestésica

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-18-at-10.47.46

Polícia prende suspeito de estuprar criança de 9 anos em Guarapari

Crime aconteceu no dia 15 de maio

whatsapp-image-2024-06-14-at-16-37-17

Guarapari conquista bronze na premiação Cidade Empreendedora do Sebrae

Reconhecimento premia cidades que incentivam o empreendedorismo

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-06-17-at-10.47.38

Polícia prende dois empresários por suspeita de envolvimento com comércio clandestino de carnes em Guarapari

Ação também interditou duas empresas

ce70bba0-29c7-11ef-895e-9d65eb610057-minified

Remoção das cabines de pedágio da Terceira Ponte começam nesta segunda (17)

Segundo o governador, em breve as cabines da Rodovia do Sol, em Guarapari, também serão removidas

Anúncio