Anúncio

Rodoviários decidem pelo fim da greve de ônibus em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 30 de agosto de 2022 às 10:15

Anúncio

Rodoviários decidem pelo fim da greve de ônibus em Guarapari
Foto: arquivo Folha.

O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari – Sintrovig, informou através de um ofício o fim do movimento grevistas das rodoviários do município a partir desta terça-feira (30).

De acordo com o responsável pelo setor jurídico do Sintrovig, Adriano Braga, mesmo sem a empresa pagar todos os débitos ainda existentes, salário vencido em 10 de agosto e ticket alimentação no dia 20 deste mês, os funcionários decidiram suspendar a greve e esperar o pagamento até dia 10 de setembro quando a Expresso Lorenzutti, empresa responsável pelo transporte coletivo de Guarapari, garantiu a quitação dos valores.

“A categoria deu mais esse voto de confiança para a empresa e decidiu finalizar a greve após a garantia dos pagamentos até dia 10. No entanto, mesmo que a Lorenzutti não realize os pagamentos na data referida, a justiça já bloqueou bens da empresa para que possam ser usados para quitação dos valores caso seja necessário”.

Confira o ofício na íntegra:

“Número Ofício/Doc: 2022.08.29-SINTROVIG

Assunto: FIM DO MOVIMENTO GREVISTA

DESTINATÁRIO: Imprensa em geral

A categoria dos rodoviários comunica a todos os interessados que em assembleia realizada na data de 26/08/2022, optou pelo encerramento do movimento paredista a partir das 00:00 do dia 30/08/2022.

Respectivo encerramento ocorre em conformidade com a decisão judicial publicada e com base nas 03 (três) ações de cobrança no qual aguardamos sentença na Vara do Trabalho de Guarapari.

Em tempo, informamos que os trabalhadores aguardam a quitação total dos débitos salariais e do tíquete alimentação, cujo débito deverá ocorrer no prazo limite de 10/09/2022.

Caso não sejam efetuados os pagamentos nos prazos legais, o sindicato informa que foram bloqueados imóveis da C LORENZUTTI PARTICIPAÇÕES LTDA que garantem o pagamento total das dívidas trabalhistas e serão imediatamente executados.

Diante de todo exposto caberá a Prefeitura de Guarapari-ES fiscalizar o transporte público municipal, nos termos previstos na legislação vigente.

Por fim, o SINTROVIG alerta a todos que não estão descartados novas paralisações, protestos e greves em futuro próximo, tudo nos termos da lei, em caso de eventuais descumprimentos previstos em norma coletiva (CCT) da categoria representada.

Guarapari-ES, 29 de agosto de 2022.

Diretoria do SINTROVIG”

Entenda

Um estado de greve dos rodoviários, iniciado em março deste ano, colocou 30% dos coletivos rodando no município. Na época, o Sintrovig chegou a cogitar a possibilidade dos trabalhadores pararem 100% da frota, por conta dos salários atrasos. No entanto, ainda no mesmo mês, a justiça determinou que o movimento de greve dos trabalhadores rodoviários mantivesse 80% dos ônibus funcionando no município em horários de pico e 70% nos demais horários.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

coral-allegro

Companhia musical de Guarapari inicia audições para espetáculos

Doação-de-sangue-foto-estudio-matri

Hemoes registra baixa no estoque de sangue

Anúncio

Anúncio

meia das praias 22 (4)2

Meia Maratona das Praias: 6ª edição acontece neste sábado (04) e domingo (05) em Guarapari

areiapreta-fev23

Sol e calor predominam durante o fim de semana em Guarapari

Temperaturas podem chegar aos 37°C

Anúncio

grupo-feijoada2

Fim de semana em Anchieta tem shows e esporte

Radium-Hotel-fev23

Guarapari: projeto do novo Radium Hotel está em fase de conclusão, garante Governo

Anúncio