Anúncio

Sem chuva, Esquina da Cultura tem primeiro dia com grande movimento em Guarapari

Paula Fernandes levou multidão para o Palco Castanheiras na noite dessa sexta-feira (21)

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 22 de julho de 2023 às 09:00

Anúncio

esquina da cultura 2023 2 - Sem chuva, Esquina da Cultura tem primeiro dia com grande movimento em Guarapari
Fotos: HM Comunicação

A Prefeitura de Guarapari deu início à 5ª edição do Esquina da Cultura na noite desta sexta-feira (21). Sem chuva, o evento movimentou fortemente a Avenida Joaquim da Silva Lima, no Centro, e reuniu milhares de pessoas, que compareceram para acompanhar os shows e aproveitar o clima ameno do período.

O primeiro dia do festival de inverno contou com shows de Paula Fernandes, The Fevers, Fábio Cavanha e Vanessa Loyola. As apresentações começaram por volta de 21h em três palcos distribuídos pela principal avenida da região central da cidade.

Forte aposta para o comércio, o evento atraiu turistas e moradores e impulsionou a economia local. Jorge Luís Romano veio de Vila Velha especialmente para o festival. Pela primeira vez no Esquina, ele elogiou a idealização do evento, mas chamou a atenção para o grande movimento de pessoas, que o impossibilitou de assistir os shows.

“Muito movimentado, não tivemos condições de chegar próximo aos palcos, mas é um evento fascinante, muito bacana”, elogiou.

Elsa Maria Oliveira, natural de Guarapari, aproveitou ao lado do marido o show dos The Fevers. Tendo frequentado todas as edições do evento, ela parabenizou a organização por trazer diferentes atrações para a cidade em nesse período.

“Guarapari é carente de eventos e atrações, e o Esquina veio como um presente para os comerciantes, moradores e turistas. É um evento perfeito, organizadíssimo e de primeira qualidade. Que as próximas administrações não deixem esse evento acabar.”

Para ela, o único ponto a melhorar é a distribuição dos sanitários. “A única coisa que falta é colocar os sanitários em lugares mais próximos dos palcos. Falta uma distribuição melhor, o resto está tudo perfeito”, pontuou.

Moradora da cidade saúde há quase 50 anos, Maria José Vieira estava acompanhada filha em uma das mesas espalhadas pela avenida. Apesar de ser de Guarapari, é a primeira vez que ela comparece a uma edição do festival, e não pretende deixar de ir mais. “Assisti todos os shows e achei ótimo. Esse evento é uma beleza porque chama turistas, gera renda. Pretendo vir em todos dias”.

Além das ilhas gastronômicas e dezenas de food trucks distribuídos pela avenida, alguns comerciantes aproveitaram o movimento para abrir as portas de suas lojas e faturar com a presença de turistas. Wagner Catene assumiu há quatro meses uma loja de chocolates na avenida Joaquim da Silva Lima. Para ele, o Esquina da Cultura se tornou uma oportunidade para atrair mais clientes para o seu negócio e oferecer novidades. “Muito bom o movimento, bastante gente buscando conhecer os nossos produtos. Para o primeiro dia, a impressão é muito boa. Para esses eventos especiais, nós trouxemos o fondue e o chocolate quente.”

Shows

Os destaques mais esperados da noite, sem dúvida, foram os shows. As atrações começaram a subir aos palcos por volta de 21h. O cantor Fábio Cavanha levou sua banda para o Palco Areia Preta, ao lado do Extrabom. Com um repertório que enaltece grandes sucessos da música popular brasileira, o artista levantou o público com canções de Gilberto Gil, Banda Eva e encerrou o show com hits de Jorge Benjor.

Em outro ponto, a cantora local Vanessa Loyola também embalou quem se reunia em frente ao Palco Castanheiras, próximo ao Banestes, com sucessos nacionais. Teve homenagem a Rita Lee, e também Tina Turner, e um dueto de “Como Nossos Pais”, com Ananda Torres. A apresentação arrancou lágrimas de pessoas da plateia.

Os The Fevers voltaram ao Esquina da Cultura após uma apresentação marcante no ano passado. Os veteranos subiram ao Palco Areia Preta logo após o show de Fábio Cavanha. Foram inúmeros sucessos do pop/rock nacional e internacional e da jovem guarda, que atraíram diferentes gerações.

Última atração da noite, a sertaneja Paula Fernandes levou uma multidão ao Palco Castanheiras, próximo à Praça do Bradesco. O espaço reduzido dificultou a passagem do público pelo local, e o som não alcançava boa parte da avenida. Na altura do Escola Normal já não era possível ouvir muito do show.

A cantora trouxe para Guarapari a turnê 11:11, com sucessos do seu próprio repertório e regravações de clássicos do sertanejo, ela entregou uma apresentação de pouco mais de 1h30, fazendo a alegria do público que se aglomerou para a ver a artista.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

eletricista-predial-residencial

Projeto de qualificação profissional no setor da construção civil oferta 180 vagas gratuitas em Guarapari

Pelo segundo ano a união do Sindicig com a igreja Coroado oportuniza vagas nesta área

projeto-saude-presente-bela-vista

Projeto Saúde Presente oferece serviços de saúde em horário estendido no bairro Bela Vista

Objetivo é atender a população que trabalha durante o horário de funcionamento da unidade de saúde

Anúncio

Anúncio

moto-rock-2022-4-1

Guarapari prolonga comemoração e terá Festa da Cidade e Moto Rock na mesma semana

Realizados em setembro, eventos devem reunir mais de 85 mil pessoas durante cinco dias

CONGO-GUA-2

Escola de Guarapari resgata história e cultura do congo na região

O projeto fez parte das atividades da disciplina eletiva “Vamos dançar o congo: diálogos sobre a cultura local”.

Anúncio

vacina-caes

Projeto implantará microchips de identificação em cães de Anchieta

O projeto prevê a microchipagem de todos os animais de Anchieta

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Sonhos não envelhecem

Anúncio