Anúncio

Sessão da Câmara que aumentou salário do Prefeito também beneficiou vereadores de Guarapari

Votação em bloco aumentou dois benefícios em 100%, um em 36,61% e aprovou novo quadro de funções gratificadas da casa

Por Gislan Vitalino

Publicado em 10 de fevereiro de 2022 às 17:00

Anúncio

guarapari recolher 03 04 - Sessão da Câmara que aumentou salário do Prefeito também beneficiou vereadores de Guarapari
Foto: arquivo.

A mesma sessão que votou o aumento de salário dos agentes políticos do município, na última terça-feira (08), aprovou em bloco projetos de lei que pautavam o aumento de benefícios para vereadores (Projeto 003/2022) e um novo quadro de funções gratificadas para a Câmara de Guarapari (CMG).

Para a Câmara, foram aprovados um novo quadro de funções gratificadas e novos valores das chamadas verbas indenizatórias dos vereadores. De acordo com a redação do Projeto de Lei N° 003/2022 o auxílio alimentação/refeição dos vereadores passou de R$ 910,00 mensais para R$ 1.820,00. O valor da verba para despesa com combustíveis e lubrificantes passou de R$ 780,00 para R$ 1.560,00. Já o valor da verba indenizatória para saúde passou de R$ 520,00 para R$ 700,00.

pl032022 - Sessão da Câmara que aumentou salário do Prefeito também beneficiou vereadores de Guarapari

Os valores das verbas idenizatórias representam um aumento percentual de 100% para as verbas de alimentação e combustíveis e de 34,61% na saúde.

Segundo os servidores e os vereadores que se opuseram ao projeto de lei na câmara, os 10,16% de reajustes pautados na inflação que atingiam os servidores municipais, teriam funcionado na verdade, como forma de pressionar a aprovação dos demais projetos, com os benefícios direcionados.

Foi o que defendeu o vereador Rodrigo Borges (Republicanos) em entrevista ao Folhaonline.es, na ocasião. “Eles vêm usando esses 10,16% para aprovar o aumento de salário dos demais servidores e divulgando como se esse fosse o grande motivador. Não é verdade. Os servidores não foram consultados e não estão satisfeitos. Tem servidor que, mesmo após esses 10,16%, vão continuar ganhando abaixo do salário-mínimo. Isso não é justo”, explicou o vereador.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Direta e Indireta e do Poder Legislativo do Município de Guarapari (Sintrag), Thiago Magno, também falou sobre a falta de diálogo com os servidores do município. “Nós fomos prejudicados, os servidores não foram ouvidos e não foi por acaso. Aconteceu de uma forma planejada, proposital. Nossa manifestação era para que tirassem de pauta para poder discutir o assunto e incluir os servidores no debate, mas isso não aconteceu. Faltou diálogo e nós não podemos aceitar isso dessa forma”, afirmou o presidente.

Thiago explicou ainda que o Sintrag continuará buscando o diálogo entre a categoria e os poderes Executivo e Legislativo por um reajuste justo e os próximos movimentos da categoria serão definidos em breve pelo conjunto da diretoria.

Nós buscamos contato com a Câmara de Guarapari desde a noite da sessão, na terça-feira (08), apresentando alguns dos questionamentos sobre a sessão e possibilitando o posicionamento da casa mas, desde então, não obtivemos retorno. Esta matéria será atualizada se uma resposta for enviada a nossa equipe.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2024-03-22 at 11.35.14

Sicoob amplia acesso a bens e serviços através de consórcios

Os consórcios do Sicoob abrangem uma gama diversificada de categorias, incluindo imóveis, veículos, serviços e até mesmo equipamentos

20240422_181007582_iOS

OAB Guarapari e Faculdade Anhanguera reforçam vínculos em encontro institucional

Novo diretor da instituição de ensino foi recebido pela presidente da 4ª Subseção da OAB/ES

Anúncio

Anúncio

4-20240410_192004

Celebração e gratidão: Sabor do Frango completa 15 anos de história em Guarapari

Equipe comemorou a marca com encontro especial

Habitação 5 - Carlos Eugênio Alves

Espírito Santo registra redução nas taxas de pobreza e extrema pobreza

Ainda de acordo com o estudo a taxa de pobreza do ES foi de 22,8%, percentual abaixo da média registrada pelo Brasil (27,5%)

Anúncio

capa_43544_RotadaFerraduraManoellvesDivulgacao3

Último dia para se inscrever na Corrida Rota da Ferradura 12 Milhas; entrega dos kits começa na quarta-feira (24)

A 1ª edição do evento acontece no próximo domingo (28) na Rota da Ferradura (Buenos Aires, Boa Esperança e Jaboti)

os-sao-joao-jaboti-04-2024-001

Prefeitura de Guarapari anuncia obras de drenagem e asfaltamento em São João do Jabuti

Comunidade é vista como região de potencial para o agroturismo

Anúncio