Anúncio

Sindicato considera parar 100% dos ônibus de Guarapari

Funcionários realizaram manifestação na manhã de hoje (16), pedindo pagamento dos salários em atraso

Por Gislan Vitalino

Publicado em 16 de março de 2022 às 16:21

Anúncio

Manifestação Rodoviários Ônibus Transporte Público Expresso Lorenzutti Guarapari
Imagens: reprodução/redes sociais.

Na manhã desta quarta-feira (16), os funcionários da empresa Expresso Lorenzutti, responsável pelo transporte coletivo municipal em Guarapari, realizaram uma manifestação pelas ruas da cidade. Pedindo pelo pagamento dos salários em atraso, os funcionários seguiram da garagem da empresa até a frente da Prefeitura de Guarapari. De acordo com o diretor do Sindicato que representa os trabalhadores, a categoria pode chegar a paralisar 100% dos ônibus, se a empresa não buscar o diálogo com os funcionários.

Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari (Sintrovig), Enis Gordin, na última sexta-feira (11), a empresa realizou o pagamento apenas para os cobradores, deixando sem pagamento motoristas e funcionários internos da empresa, que acionaram o sindicato.

“Mais uma vez, vemos o atraso de salário. Alguns funcionários têm INSS e salários atrasados há mais de 3 anos. A categoria não aguenta mais não ter dinheiro para pagar suas dívidas, lidando com juros, despejos. Estamos tentando fazer a mediação, mas a categoria já está desnorteada com essa situação”, afirmou Enis Gordin.

Categoria avalia paralização de 100% da frota

Sobre a expectativa de normalização da rotina dos ônibus, Enis Gordin explicou que os funcionários seguirão aguardando posicionamento por parte da empresa. “Estamos aguardando a posição da empresa, que ainda não falou nada, não tentou conversar. Estamos fazendo cumprir a lei, mantendo 30% dos veículos funcionando, mas a qualquer momento, pode parar 100% se a empresa não falar nada”, destacou o diretor.

Sindicato considera parar 100% dos ônibus de Guarapari

Nós estamos buscando o posicionamento da Prefeitura de Guarapari e da Expresso Lorenzutti sobre a situação e atualizaremos a situação assim que recebermos uma resposta.

*Atualização 16h38:

Após a publicação da matéria, a Prefeitura de Guarapari se posicionou com nota, reproduzida abaixo na íntegra:

“A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Postura e Trânsito (Septran), informa que não realiza pagamento de salários aos funcionários da Lorenzutti, isso é de competência da empresa. Nenhuma demanda de funcionário da empresa foi apresentada ao município“.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Manifestação Colorindo Sonhos

Guarapari: mães do Colorindo Sonhos manifestaram pelos direitos dos filhos especiais

As mães se reuniram no Centro da cidade e foram caminhando até a Câmara Municipal

crime-assassinato-empresario_hugo-jose_ramos-2022-05-17-Moment-cover-2

Polícia investiga imagens que mostram morte de empresário em Guarapari

Empresário Hugo José Ramos foi morto a tiros em frente à própria casa

Anúncio

Anúncio

audiencia-cmg-centropop-2022-05-17

Audiência apresenta reclamações de moradores da região norte de Guarapari sobre o Centro Pop

Moradores apontam aumento da insegurança após instalação do Centro de Referência da População de Rua na região

Fogo Boião

Incêndio destrói cerca de 45 mil metros quadrados de vegetação em Guarapari

Anúncio

300d0ed0-d7b4-11ec-9901-75f920446a17--minified

Vídeo: fogo atinge casa em Guarapari e assusta moradores da Praia do Morro

santuario de sao jose de anchieta - foto aerea isabela prefeitura

Prefeitura divulga programação da Festa Nacional de São José de Anchieta

Abertura acontece no dia 28 de maio

Anúncio