Anúncio

“The Gêmeas”: irmãs de Guarapari alcançam sucesso com dança e empoderamento nas redes sociais

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 28 de outubro de 2022 às 18:15

Anúncio

the gemeas 2 - “The Gêmeas”: irmãs de Guarapari alcançam sucesso com dança e empoderamento nas redes sociais
Mirella (esq.) e Marina (dir.). Fotos: Reprodução/redes sociais

Duas irmãs gêmeas de Guarapari têm alcançado um grande sucesso nas redes sociais ao abordarem temas como autoestima e vida saudável, além de mostrarem habilidades na dança. Aos 36 anos, as ‘”The Gêmeas” Mirella e Marina contam que a dança sempre esteve presente na vida delas, e após um impulso dos amigos, resolveram investir em vídeos no Instagram.

“Tudo na nossa vida sempre foi movido a dança. Na escola, a gente dançava tanto, que quando tinha entre 7 e 8 anos, a professora pediu e a gente ensaiou os alunos, a coreografia e tudo, porque desde novinhas nós dançávamos”, explicou Mirella.

Em 2018 veio a ideia de tornar a conta do Instagram, até então pessoal, em uma ferramenta para exibir as habilidades. “Nossos amigos ficavam falando ‘posta vocês dançando’, e a gente não postava porque não estávamos a fim de escutar gracinha a respeito de peso e bullying, mas de tanto os amigos falarem, chegamos em uma fase que decidimos postar e começou a ter uma repercussão muito boa”.

Hoje as “The Gêmeas” possuem quase 400 mil seguidores no Instagram, mas além do sucesso nas redes, elas trilham carreiras em outras áreas. Marina é arquiteta e urbanista e Mirella possui uma clínica de fisioterapia e estúdio de pilates.

A ideia de levantar temas de empoderamento feminino na internet surgiu naturalmente, contam as irmãs. O retorno positivo de mulheres que acompanham os conteúdos de dança ajudou a colocar os tratar os temas com outra abordagem.

“Os nossos vídeos passaram a transmitir esse empoderamento para as mulheres, elas passaram a tratar nossas danças como uma forma de empoderamento, e falam ‘nossa, depois que eu vi o vídeo de vocês, eu me senti muito mais bonita, passei a me amar’. Então foi natural”, disse Marina. E é a essa representatividade que elas creditam o sucesso nas redes sociais.

A preocupação também se estende para a vida saudável. As gêmeas abrem espaço para falas positivas sobre o corpo e contra o sedentarismo. “A gente sempre tenta mostrar que tudo bem você estar acima do peso, mas sedentarismo não. Não é ‘ok’ você não conseguir se movimentar e ter uma liberdade de vida”, aponta Mirella.

Caldeirão

the gemeas - “The Gêmeas”: irmãs de Guarapari alcançam sucesso com dança e empoderamento nas redes sociais

O sucesso das The Gêmeas chegou em rede nacional. Após assistirem aos vídeos, os produtores do programa “Caldeirão com Mion”, da TV Globo, convidaram elas para participarem de um quadro de talentos. “Foi uma das melhores experiências das nossas vidas. Uma sensação de saber que realmente ama o que faz, que é trabalhar com dança, com o público, com gravações. Foi maravilhoso estar ali de frente na telinha”.

As irmãs, agora, planejam expandir o trabalho para outras redes sociais para diversificar e aumentar ainda mais o alcance de público.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

moto-rock-2022-4-1

Guarapari prolonga comemoração e terá Festa da Cidade e Moto Rock na mesma semana

Realizados em setembro, eventos devem reunir mais de 85 mil pessoas durante cinco dias

CONGO-GUA-2

Escola de Guarapari resgata história e cultura do congo na região

O projeto fez parte das atividades da disciplina eletiva “Vamos dançar o congo: diálogos sobre a cultura local”.

Anúncio

Anúncio

vacina-caes

Projeto implantará microchips de identificação em cães de Anchieta

O projeto prevê a microchipagem de todos os animais de Anchieta

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Sonhos não envelhecem

Anúncio

image (4)

Coluna Dom Antônio: Precisamos nos reunir mais para nos unir por prioridades ao povo de Guarapari

Image-18

Coluna Entenda Direito: Os principais direitos trabalhistas das mulheres

Anúncio