Anúncio

Tragédia no ES: atirador usou armas do pai durante ataques em escolas de Aracruz

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 25 de novembro de 2022 às 18:47

Anúncio

Tragédia no ES: atirador usou armas do pai durante ataques em escolas de Aracruz
Governador Renato Casagrande participou de entrevista coletiva ao lado de autoridades nesta sexta (25). Foto: divulgação.

O atirador que matou três pessoas e deixou pelo menos 13 feridas durante ataques em duas escolas de Aracruz usou armas do pai, um policial militar. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública em coletiva de imprensa realizada na tarde desta sexta (25) e que contou com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande.

Segundo a Polícia, o jovem de 16 anos portava uma pistola .40, particular, e um revólver 38, registrado pela Polícia Militar, durante os ataques. Ele foi preso ainda durante a tarde em uma casa da família na região.

“Fomos até o local, cercamos a casa, contamos com o apoio presente do Poder Judiciário. Os pais estavam destruídos com a notícia e colaboraram muito com a nossa ação”, declarou o agente da polícia durante a coletiva.

As primeiras investigações apontam que o atirador, que foi aluno da Escola Estadual Primo Bitti até junho deste ano, não tinha alvo definido e planejou a ação por cerca de dois anos. Os investigadores também informaram que o jovem faz tratamento psiquiátrico e não revelou o que o teria motivado a praticar os ataques.

Símbolo nazista

Tragédia no ES: atirador usou armas do pai durante ataques em escolas de Aracruz
Foto: reprodução

Durante os ataques, o atirador carregava na roupa uma braçadeira com a suástica, símbolo que representa o nazismo. A informação também foi confirmada pelas autoridades, que disseram ainda que o item foi encontrado na casa que o atirador estava quando foi preso.

Vítimas

A Secretária Estadual de Saúde (Sesa) divulgou boletim informando que seis das 13 vítimas feridas estão internadas em hospitais da Grande Vitória, entre elas duas crianças em estado gravíssimo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

escola perocão (1)

Pais manifestam sobre condições de escola para o ano letivo em Guarapari

Rapaz desapareceido1

Família procura por rapaz desaparecido em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Fiscalizacao_20230203_Noticias3-847x476-1

Crea-ES alerta para risco de quedas e acidentes na Praia da Areia Preta, em Guarapari

vacina-06fev-sesa

Retorno às aulas é momento de colocar as vacinas em dia

Anúncio

Pablo Lira

Pesquisador de Guarapari é o novo presidente do Instituto Jones dos Santos Neves

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

Anúncio