Anúncio

Turismo no ES cresce 38% e alcança sexto lugar em ranking nacional de crescimento

Dados, relativos ao primeiro trimestre de 2022, aparecem em boletim do setor do Instituto Jones dos Santos Neves

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 11 de junho de 2022 às 12:00

Anúncio

Turismo no ES cresce 38% e alcança sexto lugar em ranking nacional de crescimento
Imagem: divulgação/Setur ES.

Nos três primeiros meses de 2022, o Espírito Santo registrou crescimento de +38,1% nas atividades do setor de Turismo, na comparação com o mesmo trimestre de 2021 e acompanhando as variações positivas observadas para o Brasil (+42,2%) e Sudeste (+45,2%). Os dados compõem o Boletim da Economia do Turismo Capixaba, que foi apresentado nesta quinta-feira (09), pela Secretaria de Turismo (Setur) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). O material completo pode ser acessado aqui https://observatoriodoturismo.es.gov.br/economia-do-turismo.

O boletim apresenta os dados relativos ao primeiro trimestre de 2022 e mostra que a recuperação do setor turístico no Estado acompanhou a média nacional. Na comparação com os demais estados brasileiros, o Espírito Santo é o sexto estado no ranking de crescimento interanual no volume de atividades turísticas no primeiro trimestre de 2022 (+38,1%).

“Os dados mostram um crescimento nas atividades, com mais de 170 mil pessoas trabalhando no setor de turismo, o que representa 8,9% do total de pessoas ocupadas no Espírito Santo nesta área. Esses dados confirmam que a recuperação do setor turístico vem se consolidando com a retomada dos negócios”, avaliou o secretário de Estado de Turismo, Fernando Rocha.

O diretor de Integração e Projetos Especiais do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Lira, explicou que o Espirito Santo vem obtendo um desempenho muito positivo na economia de maneira geral, com grande contribuição do segmento turístico. “Cabe destacar o trabalho liderado pela Setur, envolvendo todo o trade do turismo. Essa integração da administração pública, com o apoio aos municípios, ao setor produtivo e às lideranças do turismo capixaba geram uma sinergia que permitem o desenvolvimento em todo o Estado”, completou Lira.

“Os números continuam a sinalizar a recuperação da economia capixaba. O PIB do primeiro trimestre trouxe resultados que superaram as médias nacionais. Em relação ao turismo, novamente temos boas notícias. É um setor que tem grande importância para a nossa economia. Com esse crescimento, são mais pessoas empregadas e mais renda”, pontuou o coordenador de Estudos Econômicos do Instituto Jones dos Santos Neves, Antônio Ricardo da Rocha Freislebem.

Geração de emprego

No que se refere à geração de emprego, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 171 mil pessoas no Espírito Santo atuam nas Atividades Características do Turismo (ACT), o que significa 8,9% das pessoas ocupadas no Espírito Santo. O resultado deste trimestre mostra um crescimento de mais de 30 mil pessoas trabalhando no setor, sendo que nos setores da Alimentação (96.529) e Transporte (59.628) estão concentrados o maior número de pessoas empregadas.

Dos 171 mil trabalhadores que atuam nas Atividades Características do Turismo (ACTs), 102.302 exercem atividade de forma formal e 68.623 estão atuando informalmente, principalmente nos segmentos das Atividades Culturais e Desportivas e Alimentação.

O rendimento médio nas ACTs é de R$ 2.212,71, totalizando R$ 371,81 milhões da massa de rendimento no Estado. O setor de Transporte é o que apresenta o melhor rendimento médio, com R$ 2.911,11, e o segmento de Alojamento registra o menor rendimento médio de trabalho, com R$ 1,354,51.

Dos 78 municípios capixabas, 35 registraram aumento no número de empregos no setor de Turismo. O município com maior saldo de empregos foi o da Serra (+244), seguido por Cachoeiro de Itapemirim (+205), Colatina (+156), Vitória (+148) e Vila Velha (+ 82). Já Marataízes (-109), São Mateus (-41) e Conceição da Barra (-23), empatado com Venda Nova do Imigrante (-23), foram os municípios que registraram queda nas vagas de emprego.

Analisando por regiões turísticas no 1º trimestre de 2022, o maior quantitativo de empregos foi na Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), com a geração de +558 postos de trabalho, seguido pela Região do Vale e do Café (+206) e Região Doce Pontões Capixabas (+171).

*Com informações de Governo do Estado do Espírito Santo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

postnatal-period-with-mother-breastfeeding-child

Guarapari inicia a campanha ‘Agosto Dourado’

curso-profissionalizantes-qualificar-es-2021-07-01

Prefeitura de Guarapari abre inscrições para curso de Técnicas para Guiamento em Atrativos Naturais

Anúncio

Anúncio

coluna-antonio-07ago

Coluna Dom Antônio: Aos 94 anos, Iris ora, pinta e borda todo dia. Vaidosa, parece não ter chegado aos 80!

WhatsApp-Image-2022-07-19-at-15.08.41

Guarapari: bancas do Centro retornam ao local após o fim do Esquina da Cultura

Anúncio

Imagem-art.-JS-1

Artigo: Os prints de WhatsApp podem ser usados como no processo penal?

pmg-golpe-procon

Procon de Guarapari alerta sobre golpes na devolução de empréstimos bancários indevidos

Anúncio