Anúncio

Vacinação no ES já mostra resultados e reduz mortes e internações por Covid-19

Em fevereiro, 4,62% das mortes eram de pessoas da faixa etária de 90 a 95 anos. Hoje a taxa está em 1,25%, por exemplo.

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 6 de maio de 2021 às 11:00
Atualizado em 7 de maio de 2021 às 10:00

Anúncio

Foto: arquivo/FolhaOnline.es

Um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) aponta que as mortes e as internações por covid-19 caíram entre os grupos que já tomaram as duas doses da vacina contra o vírus.

Os números do grupo de 90 a 95 anos são um retrato dessa queda. Quando a vacinação começou, em fevereiro deste ano, o percentual de internação nesta faixa etária era de 3,70%. Três semanas depois do início da imunização, subiu para 4,70%. Apesar do aumento, o índice logo despencou, chegando a 0,67%, o menor registrado no ano.

No grupo de idosos entre 85 e 90 anos, os dados também chamam a atenção. No início da vacinação, o público desta faixa etária representava 2,99% dos internados. Agora, são 1,34%. Em entrevista à TV Vitória, o subsecretário de Saúde, Luiz Carlos Reblin, comentou a mudança nos percentuais.

“Nós estamos chegando no momento que a vacina começa a produzir seus efeitos. Países como Estados Unidos, Israel, na Europa, países que ja vacinaram uma parcela importante da sua população já tem os resultados, as pessoas já estão vivendo um padrão parecido com o que nós vivíamos antes da pandemia. Aqui no Brasil e aqui no Espírito Santo, como nós ainda não temos a população toda vacinada, nós podemos observar que alguns grupos que foram vacinados no início eles já tem um efeito benéfico da vacinação”, ressaltou.

Acompanhando o número de internações, os óbitos também estão em queda no Espírito Santo. Em fevereiro, 4,62% das mortes eram de pessoas da faixa etária de 90 a 95 anos. Hoje a taxa está em 1,25%

A pós-doutora em Epidemiologia, Ethel Maciel, define como animadores os primeiros resultados da vacinação contra a covid-19 no Espírito Santo. Na terça-feira (04), a especialista publicou, em uma rede social, dois gráficos que mostravam uma redução no número de internações e óbitos pela doença.

Nas imagens compartilhadas, Ethel compara o número de óbitos e internações registradas no estado antes e após o início da imunização.

Além das fotos, ela compartilhou um pequeno texto, explicando a leitura e interpretação das informações. Veja:

Em entrevista ao jornal online Folha Vitória, a epidemiologista explicou que os números compilados nos gráficos revelam que a vacina é a melhor forma de combater a doença.

“São dados muito animadores, que vão mostrando o que a gente já sabia, do ponto de vista de pesquisa, de outras vacinas. A gente já sabia que seriam as vacinas que iriam controlar essa pandemia e agora a gente está tendo os dados para mostrar isso”, explicou.

O que dizem os dados

Mais que números, esperança. “São animadores esses dados. Nos indicam que estamos no caminho certo para vencer essa pandemia”, destacou.

Ethel reforçou que, no caso dos mais idosos, que já receberam as duas doses do imunizante, é possível ver com clareza a evolução. Ela ainda explicou que o primeiro impacto da vacina é sentido no número de internações, e depois reflete no número de óbitos pela doença.

“No caso dos mais idosos, que já têm uma vacinação mais completa, a gente já consegue ver um resultado de queda bem importante. Sempre temos uma queda de internação e depois uma queda do óbito. Por que? É natural, você vai tendo menos internações, menos contaminações e, assim, menos pessoas perdendo a vida para a doença”, disse.

*Com informações de Álvaro Zanotti/TV Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

violao_e_cordas_reproducao-2021-06-12

Beatles é repertório para concerto de violão e cordas em Guarapari na noite de hoje (12)

Concerto acontece na antiga Igreja Matriz, às 18h

arrtigo_direito-2021-06-12-1

Artigo: a atuação de pessoas negras no judiciário brasileiro

Anúncio

Anúncio

recanto_da_sereia-2021-06-12-1

Cansados de ver lixo, moradores de Guarapari limpam rua por conta própria

Moradores do bairro Recanto da Sereia realizaram mutirão para limpar local de descarte inadequado de lixo

Praia do Morro em tarde nublada. Previsão de chuva.

Fim de semana dos namorados seguirá frio em Guarapari

Anúncio

expresso_lorenzutti-onibus_saude

Sindicato afirma: 100% dos ônibus voltam a circular em Guarapari na segunda-feira (14)

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Covid-19: Guarapari abre agendamento para pessoas acima de 50 anos e profissionais da educação

Anúncio