Anúncio

Venda de bonecas em feira de Guarapari ajuda pequena Rillari a seguir lutando pela vida

Por Gislan Vitalino

Publicado em 14 de janeiro de 2022 às 14:30

Anúncio

Venda de bonecas em feira de Guarapari ajuda pequena Rillari a seguir lutando pela vida
Bonecas em modelos de chaveiros e enfeites automotivos estão entre os novos produtos artesanais feitos para ajudar a Rillari a manter o tratamento. Fotos: acervo pessoal.

Durante mais uma edição da Feira de Fomento Interestadual de Negócios e artesanato de Guarapari (Feinartg), as pequenas bonecas Rillari chamam encantam os observadores. As bonecas, produzidas pela Valéria Fehlberg da Silva, mãe da pequena Rillari que segue em luta pela vida, estão expostas na feira e disponíveis para a venda até este domingo (16).

Aos 8 anos, a Rillari convive com a Síndrome de Edwards. Segundo a medicina, a expectativa de vida para quem tem essa síndrome é de seis meses a um ano. Por conta da baixa expectativa de vida a doença chega a ser tratada pelos médicos como “Incompatível com a vida”.

A Valéria, no entanto, não se contentou com essa expectativa. “Quando a gente descobriu o diagnóstico, ela estava com um mês de vida. Cheguei a ouvir que não era para me apegar, porque ela não viveria muito tempo, mas não aceitei. Fui pesquisar por casos e por possíveis tratamentos, mas era tudo muito difícil e caro”, conta a artesã em entrevista anterior ao Folhaonline.es.

Quando a Valéria perdeu o emprego e precisou procurar uma alternativa para custear o tratamento da filha, as bonecas criadas artesanalmente se apresentaram como uma solução. No último ano, entretanto, com o agravamento da pandemia da Covid-19 e a consequente crise econômica, a situação se tornou ainda mais difícil. “As coisas estavam difíceis, mas no último ano tudo se tornou ainda mais complicado. A venda dessas bonequinhas era nossa segurança e nosso alívio. A gente acaba contando muito com a solidariedade e o apoio das pessoas, mas a pandemia tornou tudo mais difícil para todo mundo e o apoio que recebemos também diminuiu”, contou Valéria.

Nas duas últimas semanas, a Valéria e a Rillari foram detectadas com gripe, o que precisou afastar a mãe da distribuição das bonecas e a filha da terapia por alguns dias. “Graças a Deus que ela logo se recuperou, eu que fiquei um pouco pior. Ela ficou gripada por dois dias e eu tive sintomas por mais tempo. A família, por vezes, acaba se afastando pois a situação é complexa e a Rillari é totalmente dependente de mim”, explicou a mãe.

As boneccas podem ser adquiridas com a doação de R$10 que são revertidos para custear o tratamento Rillari. A boneca está disponível na Feinartg até este domingo (16), entre 16h e 22h, mas também pode ser adquirida diretamente com a Valéria, pelo telefone (27) 99989.8714.

Também é possível ajudar a Rillari a seguir o tratamento através de doações diretas no PicPay (usuário: valeria.fehlberg) ou através da chave Pix 076.913.417-33.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Rampa-voo-livre-de-Cachoeira-Alta-Alfredo-Chaves_WR-2021-06-08

Campeonato de voo livre começa amanhã (27) em Alfredo Chaves

Atletas disputarão pontos para a 4ª etapa do Capixaba de Parapente 2022

Programa_de_Estágio_Vale_-_foto_Salviano_Machado_1

Vale abre inscrições para estágios com mais de 130 vagas no ES

Os selecionados terão bolsa auxílio que pode passar de R$ 1.300, além de outros benefícios

Anúncio

Anúncio

seminario_sindicig_petroleo_e_gas-2022-05-25-9

Seminário levanta oportunidades e caminhos para integrar Guarapari ao setor de petróleo e gás

A iniciativa do Sindicig reuniu lideranças deo setor, empresários locais e estudantes do Ifes

curso-agentes-da-guarda1

Lei garante Guarda Municipal armada em Anchieta

Anúncio

Brecho-APAE-2-1024x769-cover2

Brechó da Apae Guarapari necessita de doações de roupas masculinas

Os valores arrecadados com as vendas serão revertidos para Apae

print_dyogenes2-2022-04-120cover

Após audiência de custódia, autor de disparos contra motoboy de Guarapari segue em prisão preventiva

Ronny Batista de Almeida chegou a ser liberado entre os dias 13 e 17 de maio, após cumprir prisão temporária

Anúncio