Anúncio

Vereador de Guarapari denuncia crime ambiental em Perocão

Por Aline Couto

Publicado em 1 de abril de 2019 às 16:34
Atualizado em 1 de abril de 2019 às 21:07

Anúncio

Durante o final de semana o parlamentar registrou a ação ilegal no bairro

Foto enviada pelo vereador Zazá.

O vereador Denizard Zazá (PSDB) flagrou, no último final de semana, máquinas aterrando o manguezal da Bica, localidade do bairro Perocão, em Guarapari. De acordo com o Zazá, isso já vem acontecendo há tempos e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente estava ciente da situação desde o início.

“Eu fiz várias notificações na Secretaria do Meio Ambiente, mas nenhuma providência foi tomada. Uma vez liguei para a secretária que alegou falta de fiscal para enviar ao local”, disse o parlamentar.

Denizart  contou que, diante dos fatos, denunciou o crime ao Ministério Público do Espírito Santo que ficou de tomar providências. “Como a Secretaria não tem competência, procurei o MP para tentar solucionar o problema. Isso é uma covardia com o meio ambiente, estamos abandonados”.

E acrescentou.“Não podemos esquecer que o manguezal que leva vida para o mar. Destruindo o mesmo estão acabando com a criação de peixes e caranguejos, um absurdo”, finalizou Zazá.

A prefeitura foi procurada a respeito da denúncia e respondeu através de nota:

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura – Semag realizou ação de fiscalização no último mês porém, não foram identificados os infratores. Foi constatada supressão vegetal no local, bem como indícios de início de invasão.

Informamos ainda, que a Semag e a Polícia Ambiental tem monitorado diariamente o local desde quando recebeu a denúncia, inclusive, foi enviado relatório ao vereador com as ações já adotadas.

Vale ressaltar que não há presença de construções/edificações no local. Uma intervenção na área está prevista para que não ocorra invasão.

Manguezal

O manguezal é um bioma costeiro de transição, que se localiza entre o ambiente terrestre e o ambiente marinho. É um ecossistema que está associado a margens onde há encontro das águas doces de rios com as águas do mar. As espécies vegetais desse bioma se limitam apenas a três: mangue vermelho (Rhizophora mangle), mangue seriba (Avicennia schaueriana) e mangue branco (Laguncularia racemosa). Esse bioma é de extrema importância para a reprodução de um grande número de espécies marinhas, terrestres e de água doce, por isso ele é chamado por muitos de berçário da vida. No manguezal podemos encontrar moluscos, crustáceos (camarões, caranguejos), peixes, aves (gaivotas, garças, urubus, flamingos, gaviões etc.), jacarés e mamíferos. Animais como os caranguejos e as ostras vivem sempre nos manguezais, enquanto que outros animais passam apenas uma fase da vida no mangue.

Além de servir como berçário para os animais, os manguezais também servem para amortecer o impacto das marés e para conter os sedimentos trazidos pelos rios, evitando assim o assoreamento das praias.

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio