Anúncio

Vereadores “novatos” formam chapa para diretoria da Câmara

Por Livia Rangel

Publicado em 14 de dezembro de 2012 às 00:00
Atualizado em 27 de janeiro de 2015 às 14:11

Anúncio

Um grupo de 10 vereadores eleitos para a próxima legislatura em Guarapari promoveu um encontro no dia 14 de dezembro para anunciar a formação de uma chapa para concorrer à mesa diretora da Câmara para o ano que vem.

Chamada “Guarapari Verdade”, a chapa conta com Wanderlei Astori (PDT) na presidência, presidente; Jorge Ramos (PPS), como 1º vice-presidente; Aratu (PV) 2º vice; Lincoln (PTN) como 1º secretário; e Fernanda Mazzelli (PSD), 2ª secretária. Além disso, outros cinco vereadores se comprometeram a votar na chapa: Dito Xaréu (PTB), Ronaldo Tainha (PRB), Oziel (PPS) e mais dois que não puderam participar da reunião e por isso não tiveram seus nomes divulgados.

 “Essa chapa foi formada a partir de um consenso entre nós vereadores “novatos”, isso é que não foram reeleitos, onde na nossa primeira reunião decidimos que o candidato à presidência deveria ser um de nós e que tivesse alguma experiência na vida pública”, disse Oziel.

Astori, porém, não é o que se poderia se dizer de “novato”, já que foi vereador por dois mandatos: de 2001 a 2004 e de 2005 a 2008. “Temos a destacar que desde 1998, esta será a primeira mesa diretora a contar com 100% de renovação em sua composição”, completou o vereador do PPS.

Segundo os vereadores, a formação e divulgação precoce da chapa veio a partir de uma orientação do promotor eleitoral, Marco Antônio Nogueira, que disse que como grupo já estabelecido, eles teriam mais facilidade de acesso às informações necessárias para o período de transição na prefeitura.

“Até o momento, ainda não conseguimos conversar com o prefeito, apesar de várias tentativas. Por outro lado, já conversamos com o governador Casagrande, que manifestou seu apoio à Câmara e afirmou que no dia 1º de janeiro enviará uma equipe técnica para auxiliar o prefeito interino no comando da cidade nesse período tão complicado”, afirmou Lincoln.

Com isso, no dia 1º de janeiro, quem provavelmente assumirá a prefeitura de Guarapari em caráter interino será Wanderlei Astori, já que o grupo contabiliza votos mais do que suficientes para que a chapa seja eleita, e Jorge Ramos será o presidente da Câmara. Sobre a oportunidade de ser prefeito de Guarapari por um período de aproximadamente 40 dias – as eleições suplementares já foram marcadas para o dia 3 de janeiro – Astori diz que a expectativa é muito grande. “Vamos trabalhar com o apoio do governo estadual para que esse período de transição seja o mais tranquilo possível para Guarapari e esperamos contar com o apoio dos outros cinco vereadores nessa tarefa”, afirmou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Anúncio

Anúncio

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio