Anúncio

Vereadores rejeitam vetos do prefeito e aprovam emenda sobre tempo de existência de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 21 de outubro de 2019 às 09:02

Anúncio

Outras aprovações também ocorreram durante sessão recente

050d692e 761d 4fb2 acce 64e759878352 - Vereadores rejeitam vetos do prefeito e aprovam emenda sobre tempo de existência de Guarapari

Fotos: Divulgação/CMG

Os vereadores de Guarapari rejeitaram 11 vetos do Executivo a Projetos de Leis (PL’s) de autoria dos parlamentares, durante a sessão mais recente, realizada na última quinta-feira (17).

Presidnete Enis Gordin - Vereadores rejeitam vetos do prefeito e aprovam emenda sobre tempo de existência de Guarapari

Vereador Enis Gordin (PRB)

Um dos vetos rejeitados está o PL nº 095/2019, que autoriza o município a instalar geradores elétricos nas unidades de saúde. O autor, vereador Enis Gordin (PRB), presidente da Casa, explicou que o entendimento é que os 11 projetos são importantes para o município e, por isso, os vetos do prefeito foram derrubados e que, no caso do projeto que trata dos geradores, o objetivo é garantir o atendimento da população nas unidades de saúde e a conservação das vacinas mesmo quando faltar energia.

Os parlamentares ainda aprovaram o Projeto de Emenda a Lei Orgânica Municipal nº 0001/2019, do vereador Thiago Paterlini, que reconhece que o município existe há 464 anos. O vereador explicou que estudos realizados por historiadores comprovam que a carta do padre Francisco Pires ao padre Manoel da Nóbrega, de 1555, é o marco simbólico que confirma esta idade. Segundo Paterlini, a data de emancipação política permanece, o que muda a partir do projeto é o reconhecimento da existência de Guarapari desde 1555. O que coloca a cidade no turismo histórico. O vereador também conseguiu aprovar o Projeto de Lei nº 163/2019, que obriga que veículos de excursão que visitem o município tenham um guia de turismo regional.

Ainda durante a sessão, foi aprovado O Projeto de Lei Complementar nº 004/2019, do vereador Gilmar Pinheiro, que modifica o anexo 13 da Lei Complementar 90/2016, que trata do Plano Diretor Municipal no ponto específico sobre o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) para construção de igrejas. A proposta prevê o aumento da metragem construída para que haja a necessidade do estudo.

  • Com informações da Câmara de Guarapari

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

casa-sinestescia-2024

Casa Sinestésica oferece Oficina de Desenho gratuita nesta quarta (17) em Guarapari

Com o tema Autorretrato, atividade tem vagas limitadas

IMG_9800-1

Terra dos Dinos: Guarapari deve ganhar filial do ‘Jurassic Park brasileiro’ em 2025

Parque temático, no RJ, possui diversas atrações e 40 modelos de dinossauros em tamanho real

Anúncio

Anúncio

20240701_160006

Fios acumulados e pendurados em postes preocupam moradores de Guarapari

Moradores flagraram casos em duas avenidas movimentadas da Praia do Morro

lei-seca_forca-pela-vida-7-1

Blitz Lei Seca flagra 131 motoristas alcoolizados em todo Estado no fim de semana

Ação faz parte do programa “Força pela Vida”, integrando diversos órgãos

Anúncio

Wendel Lima

Wendel Lima oficializa desistência da pré-candidatura à Prefeitura de Guarapari

Parlamentar vai tentar novo mandato como vereador

20240712_121249983_iOS

Com novas peças, ‘Brechó dos Apaexonados’ é reinaugurado pela Apae Guarapari

Espaço é importante fonte de recursos para a instituição

Anúncio