Anúncio

Vítima de agressão em colégio de Guarapari passa por cirurgia e não corre risco de vida

A agressora foi autuada em flagrante por ato infracional análogo à tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil

Por Aline Couto

Publicado em 29 de fevereiro de 2024 às 16:48

Anúncio

Menina de 11 anos e esfaqueada por colega em escol0016954600202402281942 - Vítima de agressão em colégio de Guarapari passa por cirurgia e não corre risco de vida
Foto: reprodução.

A menina de 11 anos que foi vítima de uma facada na tarde de ontem (28) na Escola Municipal Ignez Massad Cola, no bairro Itapebussu, em Guarapari passou por uma cirurgia sem intercorrências e não corre risco de vida.

Quem conversou com o folhaonline.es foi o advogado da vítima, Elpídio Diogo, que contou que apesar de chorar muito e estar traumatizada, a menina está fisicamente bem.

Sem justificativa até o momento pela agressão, realizada por outra aluna do colégio de 12 anos, Elpídio relatou que as meninas nunca tiveram nenhum desentendimento anterior. “A agressora falou que não teve motivo para o ato, apenas que estava com vontade de fazer e fez. A facada foi pelas costas, ela pediu para vítima se virar de costas pois tinha um presente para dar e cravou a faca”.

Após o ocorrido, a agressora foi autuada em flagrante por ato infracional análogo à tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil, e recolhida ao sistema socioeducativo.

Entenda o caso

De acordo com informações da Polícia Militar – PM, na tarde dessa quarta-feira (28), militares da Patrulha Escolar foram solicitados pelo diretor de um colégio localizado no bairro Itapebussu, Guarapari, pois uma aluna teria golpeado outra colega de sala com arma branca.

“Assim, prontamente, a equipe foi ao local e o diretor informou que uma aluna de 12 anos desferiu um golpe de faca nas costas de uma estudante de 11. Após o fato, a menina fugiu. A aluna ferida já estava sendo socorrida pelo Samu quando a PM chegou à escola. Ela foi levada para o Hospital Infantil Dra. Milena Gottardi, em Vitória. Os policiais foram até o apartamento da família da aluna que praticou a agressão. A bater na porta foram recebidos pela menor. Ao ser perguntada sobre o ocorrido, ela relatou que há alguns dias já planejava ferir a colega e que após cometer o ato esperou a distração da responsável pelo portão da escola e fugiu do colégio para casa. Ela foi encaminhada para a 5ª Delegacia Regional, acompanhada pelo pai”. 

A Polícia Civil informou que a adolescente, de 12 anos, conduzida à Delegacia Regional de Guarapari, foi autuada por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio qualificada por motivo fútil e foi encaminhada ao Centro Integrado de Atendimento Socioeducativo (Ciase).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

upa lotada

Denúncias levam Ministério Público a investigar unidades de saúde de Guarapari

Superlotação, demora nos atendimentos e falta de profissionais são reclamações recorrentes da população

imposto de renda

Confira o que mudou na declaração do Imposto de Renda em 2024

A declaração pode ser enviada até 31 de maio; fique atento

Anúncio

Anúncio

praia do morro - céu nublado

Guarapari e outras 36 cidades capixabas recebem alerta de acumulado de chuva

Aviso é válido até a manhã desta sexta-feira (12)

vacina-gripe-2024

Guarapari terá dia D de vacinação contra influenza neste sábado (13)

Confira os locais e grupos prioritários que receberão as doses

Anúncio

WhatsApp Image 2024-03-19 at 14.53.591

Viagem cancelada: capixaba com câncer raro não alcança valor para tratamento na Espanha

Raquel precisa de aproximadamente R$ 600 mil para o único tratamento possível no momento

20240409_190649837_iOS

Sindicato da construção civil de Guarapari tem novo presidente

A posse do biênio 2024/2026 do Sindicig aconteceu nessa terça-feira (09)

Anúncio