Anúncio

Cáseuns ou pus na garganta?

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 16 de maio de 2019 às 11:23
Atualizado em 15 de agosto de 2019 às 11:28
Anúncio

(*) Coluna Fala Doutor

É muito comum a queixa de “pus na garganta”. Em grande parte dos casos, aquelas bolinhas amareladas que surgem nas amígdalas não se tratam de pus, mas sim do acúmulo de resíduos alimentares nas ranhuras e criptas amigdalianas. São pequenos grumos de uma massinha que ao se soltarem, exalam um odor fétido, daí confundidas com pus, que também acontece pela coloração.

Ao ingerirmos os alimentos, são depositados fragmentos dos mesmos em nossos dentes, como também na superfície das amígdalas. Quanto aos dentes, a escovação e o uso do fio dental fazem a limpeza desses resíduos. Mas é muito difícil fazer uma higiene direta nas amígdalas. E esses fragmentos ali depositados, sob a ação da saliva, sofrem um processo de decomposição transformando-se nessas massas, que às vezes tomam proporções bem grandes. Causam desconforto e mal estar, mas não se trata de processo inflamatório ou infeccioso. Chamam-se “cáseuns”.

As pessoas que sofrem com esse problema, devem adquirir o hábito de fazer gargarejos com água pura ou algum enxaguante bucal que não contenha álcool na fórmula, sempre após qualquer alimentação. E sempre que fizer a escovação dos dentes, fazer gargarejos com a espuma do creme dental antes do enxágue da boca. Não é recomendável o uso dos dedos, cotonetes ou outros objetos na tentativa de remover.

(*) A coluna Fala Doutor é escrita pelo médico otorrinolaringologista Dr. Sérgio Bradolini – CRM 3816/ES.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação

Selo de turismo atesta o combate à Covid-19 em 9 municípios da região de montanhas do ES

A partir de agora, hotéis, pousadas, restaurantes, sítios de agroturismo e demais estabelecimentos do setor podem solicitar, gratuitamente, o selo que atesta a qualidade e responsabilidade com as práticas de higiene

images (2)

Artigo: As consequências jurídicas na disseminação de fake news

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Novo Mapa de Gestão de Risco divulgado hoje (06) classifica Guarapari com risco “Alto”

O novo Mapa de Risco divulgado neste sábado (06) pelo Governo do Estado do Espírito Santo será válido da próxima segunda-feira (08) até o domingo (14)

barreira

Fiscalização e barreiras sanitárias serão intensificadas durante feriados em Anchieta

As barreiras sanitárias irão acontecer até o dia 14 de junho, em virtude do feriado de São José de Anchieta (06/06) e Corpus Christi (11/06)

Anúncio
fachada_regional_guarapari

Suspeitos de roubo e tentativa de latrocínio são presos por policiais civis em Guarapari

As investigações apontam que um dos suspeitos era ex-funcionário da vítima

camara-2-550x482

Suspensa liminar que obrigava Câmara de Guarapari a marcar sessão para apreciar o Orçamento