Anúncio

Coluna Entenda Direito – As medidas protetivas e a Lei Maria da Penha: garantindo a segurança das vítimas

Publicado em 29 de julho de 2023 às 15:00
Atualizado em 29 de julho de 2023 às 15:00

Anúncio

*por Dr. Delcemar Souza de Mattos – OAB/ES 32.880.

PAG 4 DIGA NAO VIOLENCIA CONTRA M 800x445 1 - Coluna Entenda Direito - As medidas protetivas e a Lei Maria da Penha: garantindo a segurança das vítimas
Foto: reprodução

A violência doméstica é uma triste realidade que assola a sociedade, afetando milhares de pessoas, em sua maioria mulheres, diariamente. Com o intuito de combater esse problema e assegurar a proteção das vítimas, foi promulgada no Brasil a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/2006), que trouxe consigo importantes instrumentos jurídicos, como as Medidas Protetivas.

As Medidas Protetivas são medidas cautelares de urgência que têm como objetivo principal garantir a segurança da vítima de violência doméstica e familiar. São instrumentos jurídicos de extrema relevância, pois visam evitar a continuidade ou agravamento do quadro de violência, resguardando a integridade física, psicológica e patrimonial da vítima.

Seu cabimento encontra amparo na própria Lei Maria da Penha. De acordo com o artigo 22 da referida lei, o juiz poderá aplicar medidas protetivas de urgência, as quais serão apreciadas no prazo máximo de 48 horas.

Ainda segundo a Lei Maria da Penha, essas medidas podem ser aplicadas em diversos aspectos da vida da vítima e do agressor, tais como:

1. Proibição de aproximação da vítima, do seu lar, de sua família e de testemunhas;

2. Proibição de contato do agressor com a vítima, seja por meio de telefonemas, mensagens, e-mails ou redes sociais;

3. Suspensão da posse ou restrição do porte de armas bem como a proibição de sua aquisição ou porte, caso existam indícios de sua utilização para ameaçar ou praticar violência;

4. Determinação de afastamento do lar, permitindo que a vítima permaneça em sua residência, enquanto o agressor é obrigado a sair do local, preservando assim o ambiente seguro para a vítima e seus dependentes;

5. Encaminhamento da vítima a programa de proteção e assistência;

Embora seja possível a concessão de outras medidas, as mencionadas são exemplos comuns que demonstram a amplitude e a eficácia das Medidas Protetivas.

A Lei Maria da Penha e as Medidas Protetivas representam um importante avanço no enfrentamento da violência doméstica, oferecendo amparo e proteção às vítimas. Essas medidas são fundamentadas na necessidade de proporcionar um ambiente seguro e livre de violência, além de contribuir para a desconstrução de relações abusivas.

É imprescindível que o Estado, a sociedade e a justiça estejam comprometidos na efetiva aplicação da Lei Maria da Penha e na garantia do cumprimento das Medidas Protetivas. Somente assim será possível promover a igualdade de gênero, prevenir a violência e assegurar uma sociedade mais justa e inclusiva para todos.

WhatsApp Image 2023 03 02 at 19.06.49 1 - Coluna Entenda Direito - As medidas protetivas e a Lei Maria da Penha: garantindo a segurança das vítimas
Dr. Delcemar Souza de Mattos – OAB/ES 32.880.
Advogado sócio no escritório FBCL Sociedade de Advogados.
Licenciando em Letras-Português.

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

praca-colombo-guardia-alfredo

Atrações culturais movimentam Alfredo Chaves nesta sexta (24) e sábado (25)

Bloco Afro Baobá e Noite Italiana são os destaques deste final de semana

praia do morro - céu nublado

Guarapari recebe alerta de perigo potencial para declínio de temperatura durante o fim de semana

Aviso vem acompanhado de alerta de vendaval em todo o estado

Anúncio

Anúncio

rodos

Rodovia do Sol será parcialmente interditada para prova de ciclismo neste fim de semana

Trânsito fluirá em apenas uma pista, no trecho entre o posto da Polícia Militar, saindo de Vila Velha até o município de Anchieta

20240522_193014

Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro

No entanto, autoridades estaduais dizem que ideia só irá para frente caso a população aprove

Anúncio

moto-litoral-25-anos

Moto Litoral Guarapari realiza 4ª edição da romaria dos motociclistas pela Festa de São José de Anchieta

O ponto de encontro é na loja de Muquiçaba para seguirem em direção ao Santuário Nacional, em Anchieta

Captura-de-tela-2024-05-23-101859

Secretário e supervisor de Trânsito prestam depoimento em CPI do Transporte Público de Guarapari

Autoridades apontaram irregularidades na prestação de serviço da empresa

Anúncio