Anúncio

CPI pede cassação de Dalva

Por Livia Rangel

Publicado em 16 de maio de 2014 às 00:00

Anúncio

A Comissão Processante de Inquérito (CPI), que apura denúncias de irregularidades contra a ex-presidente da Câmara de Anchieta, Dalva da Matta Igreja (PDT), pediram a sua cassação. A vereadora classificou o pedido como uma “medida extrema”.

A decisão dos vereadores que compõem a CPI se deu por conta das denúncias feitas pelo Ministério Público Estadual, que acusa a ex-presidente da Casa da prática de Rachid e uso irregular de diárias.

O relatório foi concluído na tarde desta quinta-feira (15) e protocolado na Câmara Municipal. O documento é resultado de quatro meses de investigações. Na próxima sessão, vereadores vão decidir se acatam ou não o pedido de cassação.

Para a vereadora Dalva, a decisão foi uma surpresa. “Estou chocada com a decisão. Meu erro foi confiar em um funcionário (Dhiego Padovani). Apesar disso, em nenhum momento quis prejudicar a Casa. Agora, vou tomar as providências jurídicas necessárias para minha defesa e dialogar com vereadores”, comentou. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio