Anúncio

Greve: justiça determina circulação de 80% dos ônibus de Guarapari

Liminar expedida pela justiça determina disponibilidade de 80% da frota nos horários de pico de 70% nos demais horários

Por Gislan Vitalino

Publicado em 17 de março de 2022 às 15:08

Anúncio

greve dos trabalhadores rodoviários ônibus Guarapari
Foto: arquivo.

Uma decisão judicial expedida pela Justiça do Trabalho determina que o movimento de greve dos trabalhadores rodoviários de Guarapari mantenha 80% dos ônibus funcionando em horários de pico e 70% nos demais horários. O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari (Sintrovig), que representa a categoria, afirma que ainda não foi notificado da decisão.

Na medida liminar, concedida ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Espírito Santo (Setpes), a justiça do trabalho determina que os funcionários em greve da Expresso Lorenzutti mantenham a circulação referida, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia de descumprimento.

Em análise, a desembargadora considera que a manutenção de 30% da frota é insuficiente para garantir o atendimento às necessidades inadiáveis da comunidade, citando também a necessidade de se evitar aglomerações em meio à pandemia da Covid-19.

Outros pontos citados no texto são a retomada gradual das atividades econômicas após às restrições de circulação, o retorno às aulas presenciais e o impacto no comércio local, já abalado pelas restrições da pandemia.

Greve: justiça determina circulação de 80% dos ônibus de Guarapari
Imagem: reprodução.

Dessa forma, a justiça determinou que os trabalhadores mantenham 80% da frota em circulação nos horários de pico, compreendidos entre 05h30 e 09h e entre 16h30 e 20h; bem como a circulação de 70% da frota programada nos demais horários.

Procurado, o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari (Sintrovig) informou que ainda não foi notificado da liminar judicial.

Entenda o caso

Na manhã desta segunda-feira (14), os trabalhadores rodoviários de Guarapari iniciaram movimento de greve, mantendo a circulação de 30% dos veículos da frota. Os funcionários pedem o pagamento dos salários em atraso da empresa.

Na tarde de ontem (16), o sindicato chegou a citar a possibilidade de que os trabalhadores chegassem a parar 100% da frota, revoltados com os atrasos.

O Folhaonline.es segue acompanhando a greve e atualizará a situação assim que novas informações surgirem.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

whatsapp-image-2022-09-26-at-14-53-15

Banco é multado pela Prefeitura de Guarapari por realizar empréstimos não solicitados

carteira-de-trabalho-digital-min

Sine divulga 57 vagas de emprego para Anchieta e Guarapari

Anúncio

Anúncio

Futuro-em-Pauta-Audifax

Entrevista: Audifax (Rede) – Futuro em Pauta – Governador

abuso sexual infantil PF

PF prende em Guarapari professor que armazenava e produzia conteúdo sexual infantil

Operação Xeque-Mate objetiva reprimir o abuso sexual infantil na internet

Anúncio

medico-saude-atendimento-clinico-medicina

Prefeitura de Guarapari abre inscrições para processo seletivo na área da Saúde

alunos-jorge-boueri-sobrinho-tampinhas

Alunos de Guarapari arrecadam tampinhas para ajudar projeto social

Anúncio