Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Guarapari precisa mais de bons moradores, do que turistas!

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 29 de dezembro de 2019 às 15:00
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 18:05

Coluna Antônio Ribeiro (*)

O perfil ideal para a cidade é o grupo dos aposentados de bom nível, sem necessidade de emprego, que venham mais pelo conceito de cidade saúde, do que por ficar o dia inteiro na praia, sem dar valor a tudo que a cidade tem de melhor.

Estes não precisam se amontoar no ano novo e carnaval, colaborando para o caos da internet, telefonia, água e shows. Podem inclusive evitar estas duas datas críticas, para não levar uma impressão negativa da cidade, pela superpopulação.

Inclusive podem vir mais durante o ano, pagando preços melhores que os de temporada, alugando a bom preço bons apartamentos, que fora da temporada tem valores melhores, o mesmo que acontece com restaurantes e supermercados.

Os que aqui fixarem residência, não competirão no mercado de trabalho, comprarão apartamento, ativando a construção civil, além de consumir os serviços e eventos, quando eles estão mais propícios, por ter menos gente.

Aqueles que vierem com familiares, passar o Natal e Ano Novo, se bem tratados e despertados pelas belezas e vantagens do clima, com brisa e radioatividade, serão candidatos naturais a um dia morarem em Guarapari.

Como podemos ajudar isso a acontecer e fazer com que mais pensem na Cidade Saúde como seu endereço na melhor idade? Algumas dicas simples convém ter sempre em mente, para fazer com que o turista se sinta bem.

Mesmo não tendo hotel, pousada, bar ou restaurante, procure tratar bem, até porque estes estão preocupados em faturar e nem sempre brindam um bom atendimento. Identificado, puxe assunto, pergunte e sugira!

As dicas melhores são as escunas, hoje sensação em número de dez, com variados horários. Outro passeio bom de indicar é um dos cinco trenzinhos, principalmente à tardinha e a noite. Os dois agradam em cheio.

Comente de praias diferentes, como a dos Padres, Bacutia e Peracanga. Do lado norte, fale das três praias, de Santa Mônica e Setiba, que são boas opções a quem não quer o agito da Praia do Morro. Lembre as do centro.

Fale da nossa história, da antiga matriz, ruínas, cemitério, fonte e das boas caminhadas que se pode fazer pela cidade. Lembre de comentar da radioatividade natural da cidade e das curas com elas obtidas. Estas são grátis!

(*) Especialista em Marketing pela PUC, Master Business Administration pela FGV e Administrador pela Universidade Mackenzie.

Anúncio
Anúncio

Veja também

fiscais

Ação da fiscalização da prefeitura de Guarapari provoca reação do setor turístico

Foto: Divulgação

Guarapari: Obras de extensão da Avenida Paris estão em fase final

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Guarapari já registra 13 mortes por Covid-19; 160 pessoas estão curadas

Samarco-1-1024x683

Vagas de emprego na Samarco motivam manifestações em Anchieta

Anúncio
quintuplos

Quíntuplos de Guarapari completam um ano

Os pequenos Jayme, Bella, Benício, Laís e Beatriz comemoram o primeiro aniversário na próxima quinta-feira (04)

tormenta1

“Operação Tormenta” prende 14 suspeitos de tráfico em Alfredo Chaves