Anúncio

Justiça decide pelo bloqueio de R$ 165 mil da Lorenzutti para pagamento dos rodoviários de Guarapari

O Sintrovig entrou com a ação para o pagamento de abril; hoje entrará com uma nova ação para o salário de maio

Por Aline Couto

Publicado em 14 de junho de 2022 às 11:43

Anúncio

Justiça decide pelo bloqueio de R$ 165 mil da Lorenzutti para pagamento dos rodoviários de Guarapari
Fotos: reprodução.

Nesta manhã (14) o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari – Sintrovig recebeu o parecer positivo da justiça com uma liminar que bloqueia os valores recebidos na tesouraria da Expresso Lorenzutti, empresa responsável pelo transporte coletivo de Guarapari, para o pagamento dos 50% restantes dos salários dos funcionários do mês de abril que ainda não foram quitados.

“A empresa deve um salário e meio para os trabalhadores, alguns não estão conseguindo pagar o aluguel e outros nem se alimentar. Eles devem 50% dos salários de abril e 100% dos de maio. Isso porque estamos no meio de junho já”, descreveu Adriano Braga, responsável pelo setor jurídico do Sintrovig.

Segundo a decisão, o setor financeiro/tesouraria da empresa deve penhorar um crédito no valor de R$ 165.000,00.

[…]”Considerando o valor da folha de pagamento indicado pela empresa ré e que houve o pagamento de parte do salário de abril de 2022, determina-se, neste ato, o bloqueio do valor de R$ 165.000,00 (cento e sessenta e cinco mil reais) por meio do SISBAJUD (protocolo nº 20220006208108), bem como por oficial de justiça diretamente na tesouraria ou setor financeiro da empresa ré.”[…]

Ainda nesta terça-feira (14), de acordo com Adriano Braga, o Sindicato entrará com nova ação para conseguir realizar o pagamento integral do mês de maio dos rodoviários.

Greve

Justiça decide pelo bloqueio de R$ 165 mil da Lorenzutti para pagamento dos rodoviários de Guarapari

Na manhã de ontem (13), os funcionários rodoviários de Guarapari entraram novamente em greve no município para reivindicarem o pagamento dos salários atrasados. De acordo representante da categoria através do Sintrovig, Emerson Ferreira, eles não receberam o mês de maio e apenas a metade do pagamento do mês de abril.

“E não há conversa entre a Lorenzutti e os funcionários. Eles não buscam soluções, não dizem quando e nem se vão pagar. Os trabalhadores estão sem fonte de renda e tendo que trabalhar de graça”.

Os motoristas seguem parados na garagem. Na parte da tarde haverá uma assembleia para atualizar os trabalhadores sobre o ganho da liminar na justiça, e assim definir os próximos passos da categoria.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

balneabilidade gri.jpg 2

Prefeitura de Guarapari instala placas de balneabilidade nas praias da cidade

pe-de-mamao-gigante-fica-em-manguinhos-na-serra-951507-article

Empresário de Guarapari se surpreende com pé de mamão gigante em sua propriedade na Serra

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2023-01-27-at-08.34.00

Coluna Dom Antônio: Tininha Gomes saiu de Guarapari para fazer sucesso no Brasil e em 20 países do mundo!

abertura de empresas

Espírito Santo bate recorde de abertura de novas empresas

Anúncio

WhatsApp-Image-2023-01-27-at-15.22.54

Aos 2 anos, menino de Guarapari chama atenção por saber ler e até somar

vacinacao-gripe

Anchieta realiza vacinação contra gripe neste sábado (28)

Anúncio