Anúncio

Prefeitura garante que fraldas geriátricas já estão disponíveis para fornecimento em Guarapari

De acordo com o órgão, a licitação é realizada anualmente para comprar materiais e insumos, e o fornecimento é feito de forma parcial

Por Aline Couto

Publicado em 4 de maio de 2023 às 11:04

Anúncio

posto Itapebussu - Prefeitura garante que fraldas geriátricas já estão disponíveis para fornecimento em Guarapari
Foto: reprodução.

Procurada na tarde de ontem (03); após a mãe de uma criança especial precisar fazer rifa para comprar as fraldas geriátricas do filho, por estarem em falta no Centro Municipal de Saúde; a Prefeitura de Guarapari garantiu que a partir desta quinta-feira (04) o produto já estará disponível para a população.

De acordo com o órgão, o município realiza licitação anualmente para comprar materiais e insumos, e os fornece de forma parcial, conforme a média de pacientes que são atendidos. E enfatizou a importância do conhecimento das diretrizes que envolvem o fornecimento das fraldas geriátricas e insumos para os pacientes.

Confira a nota na íntegra:

“A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria de Saúde (Semsa), informa que as fraldas já chegaram ao município e a partir de amanhã (04), elas estarão disponíveis para a população.  Sobre o motivo da falta de fraldas, o município realiza licitação anualmente para realizar compra de materiais e insumos, e os fornece de forma parcial, de acordo com a média de pacientes que são atendidos.

Importante destacar as diretrizes que envolvem o fornecimento de fraldas geriátricas e insumos para os pacientes.

Conforme Protocolo Municipal, poderão ser beneficiados usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) com idade a partir dos 13 (treze) anos de idade, com deficiência, seja física, mental ou neurológica, com mobilidade reduzida e idosos, desde que comprove não possuir meios de prover à própria manutenção ou de tê-la provida por sua família, devido à baixa renda familiar inseridas no limite de até 02 (dois) salários-mínimos comprovada através do Cadúnico”. 

Entenda

Gabriel Virgínio, 13 anos, diagnosticado com hidrocefalia, paralisia cerebral, epilepsia e autismo, necessita do uso das fraldas geriátricas e a família relatou a falta recorrente do produto no Centro Municipal de Saúde.

A mãe de Gabriel, Ingrid Virgínio, é quem fica integralmente com o filho pelas necessidades especiais, enquanto o pai, Rodrigo Milagre, pedreiro autônomo que vive de bicos, tenta levar o sustento para casa. Eles não têm condições de arcar sozinhos com todas as despesas, e por isso precisam das fraldas doadas pelo município.

O problema da falta de fornecimento das fraldas no Centro Municipal de Saúde vem sendo motivo de reclamação com frequência por mães de crianças especial de Guarapari e noticiado algumas vezes pelo jornal.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

moto-rock-2022-4-1

Guarapari prolonga comemoração e terá Festa da Cidade e Moto Rock na mesma semana

Realizados em setembro, eventos devem reunir mais de 85 mil pessoas durante cinco dias

CONGO-GUA-2

Escola de Guarapari resgata história e cultura do congo na região

O projeto fez parte das atividades da disciplina eletiva “Vamos dançar o congo: diálogos sobre a cultura local”.

Anúncio

Anúncio

vacina-caes

Projeto implantará microchips de identificação em cães de Anchieta

O projeto prevê a microchipagem de todos os animais de Anchieta

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Sonhos não envelhecem

Anúncio

image (4)

Coluna Dom Antônio: Precisamos nos reunir mais para nos unir por prioridades ao povo de Guarapari

Image-18

Coluna Entenda Direito: Os principais direitos trabalhistas das mulheres

Anúncio