Anúncio

Quarto suspeito de participar de fraude milionária em Guarapari é solto

Outros suspeitos foram soltos ontem, menos de 18 horas após a prisão

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 15 de dezembro de 2023 às 14:08

Anúncio

WhatsApp Image 2023 12 14 at 11.39.43
Ação da polícia apreendeu armas, munição e cheques. Foto: divulgação/Polícia Civil.

A Justiça concedeu habeas corpus e soltou o quarto suspeito de participar de uma fraude milionária que envolvia compra e venda de carros de luxo em Guarapari. Leonardo Quilqui foi preso na tarde de quarta-feira (13) junto com Luzildo Adeodato Borges (Kiko), Isaac Gabriel Borini Borges e Cláudia Cristina Borini Borges, em Iguape, zona rural da cidade.

Os investigados foram presos durante a segunda parte da Operação Xampu, deflagrada pela Polícia Civil. A soltura de Leonardo acontece em decisão do plantão judiciário, assim como dos outros três suspeitos, soltos ontem (14), menos de 18 horas após a prisão.

Em nota à imprensa, o advogado que representa a família, Dr. Jardel Sabino de Deus, afirma que a operação policial se excedeu na prisão. Confira a nota completa:

 “1. O Tribunal de Justiça do Espírito Santo revogou as prisões menos de 18h após sua ocorrência, diante dos excessos e abusos da operação policial. Isso já fala por si sobre as ilegalidades cometidas, incompatíveis com o devido processo legal e o Estado de Direito.

2. O mesmo Delegado já havia pedido as prisões na 1ª fase da investigação e não conseguiu êxito com o juiz de Direito, que indeferiu esses pedidos. Esse magistrado é o juiz vinculado para julgar todos os atos referentes à essa investigação, como manda a legislação.

3. Causa perplexidade que agora, na 2ª fase da mesma investigação com o mesmo nome, o Delegado afronte a legislação e o juiz natural já vinculado, para que outro juiz recebesse os mesmos pedidos de prisão, em nova distribuição dos autos, e decretasse as prisões que antes lhe foram indeferidas.

4. A má-fé do Delegado induziu a erro o novo magistrado, ocultando-lhe a decisão anterior do colega já vinculado, sendo caso de Corregedoria e crime de abuso de autoridade.

5. Por fim, salta aos olhos que a retórica policial não tem base na realidade, inventando números e narrativas extraídas de redes sociais para produzir sensacionalismo e execração pública dos investigados, que sempre colaboraram com as apurações, têm residência fixa, trabalho reconhecido e nenhum antecedente criminal.”

Entenda o caso

A Polícia Civil deflagrou na tarde de quarta-feira (13) a segunda parte da Operação Xampu, na região de Iguape, zona rural de Guarapari, com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão, assim como mandados de prisão de investigados por suspeita de um golpe milionário envolvendo a compra e venda de veículos.

Segundo apurado pela equipe da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco), o modus operandi do grupo criminoso envolvia a aquisição de veículos, nos quais pagavam o valor de tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) de maneira parcelada, utilizando cheques emitidos por empresas associadas aos criminosos.

Posteriormente, esses veículos eram revendidos à vista, mas por um valor significativamente inferior, aproximadamente 70% ou até menos do que o montante acordado na aquisição. O montante obtido com as vendas era direcionado para as empresas vinculadas ao grupo.

A transferência dos veículos ocorria principalmente de forma direta entre o antigo e o novo proprietário, dificultando a fiscalização.

A partir do final do ano de 2022, o grupo expandiu suas atividades, adquirindo centenas de veículos por meio de cheques, sem, no entanto, honrar os pagamentos, resultando em um prejuízo milionário.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Lorencini e Léo Português

Renato Lorencini e Léo Português despontam como pré-candidatos à prefeitura de Anchieta pelo PSB

Políticos tentam viabilizar candidatura para sucessão de Fabrício Petri

WhatsApp Image 2024-02-20 at 08.59.32

Nadador de Guarapari compete na Austrália em busca de índice para as Paralimpíadas

Os jogos paralímpicos de 2024 acontecem entre os dias 28 de agosto e 08 de setembro

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-02-19-at-15.03.22-2

Guarapari e outras 37 cidades recebem máquinas e equipamentos agrícolas do Governo do Estado

Foram entregues 60 máquinas que vão auxiliar nas ações agrícolas e na conservação e manutenção de estradas vicinais

chuva_tempestade_previsao_do_tempo-2022

Guarapari recebe alerta amarelo para chuvas intensas; veja a previsão para a semana

Alerta de perigo potencial é válido até 10h desta terça-feira (20)

Anúncio

eco101 ponte sobre o rio benevente

BR-101 será interditada para obras de duplicação do trecho entre Guarapari e Anchieta

Eco101 realizará içamento de 15 vigas da nova ponte sobre o Rio Benevente

WhatsApp Image 2024-02-19 at 09.38.20

Estudante de Guarapari cria rifa para conseguir cursar intercâmbio em Portugal

Aluno do Ifes, Bruno Garcia foi aprovado em edital em setembro do ano passado

Anúncio