Anúncio

Segundo detido por crime contra professor de Guarapari pode ter ligação com outro homicídio na região

Rafael dos Reis Santos, o "Tiriba", se apresentou espontaneamente nesta quinta-feira (25)

Por Gislan Vitalino

Publicado em 26 de novembro de 2021 às 17:14

Anúncio

Segundo detido por crime contra professor de Guarapari pode ter ligação com outro homicídio na região
Polícia Civil apresentou as informações em coletiva realizada nesta sexta-feira (25). Fotos: divulgação/PCES.

O segundo suspeito de participar do caso que culminou na morte do professor de Educação Física Raul Giovanelli, Rafael dos Reis Santos, conhecido pelo vulgo de Tiriba, se apresentou à Polícia e entregou a arma utilizada no crime na tarde desta quinta-feira (25). Ele é investigado como mandante do furto e dono da arma utilizada no crime. Segundo a Polícia Civil o homem pode ter relação com um homicídio anterior na região.

Segundo detido por crime contra professor de Guarapari pode ter ligação com outro homicídio na região

O crime pelo qual Rafael pode estar ligado foi a execução de um inspetor penitenciário no dia 13 de maio deste ano. A Polícia levantou traços semelhantes entre os crimes, que aconteceram em regiões próximas, nas quais Rafael já foi acusado por outros crimes em ocasiões anteriores.

“Nós pudemos perceber que tanto o inspetor penitenciário, quanto o professor Raul, não tinham problemas pessoais que justificassem um homicídio. Em princípio, a morte do inspetor segue sendo investigada pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), mas agora, que percebemos que em ambos os casos, nenhum bem foi roubado e os dois foram mortos em locais relativamente próximos, nos quais Rafael já foi acusado de outros crimes, nós passamos a suspeitar que ele possa estar envolvido e, por conta disso, estamos pedindo a realização de exames que possam confirmar ou afastar as suspeitas que pesam em face dele”, explicou o delegado titular da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari, Guilherme Eugênio.

A Polícia Civil espera que a divulgação das imagens dos executores leve a população a cooperar com novas informações que permitam solucionar o caso.

Rafael é o segundo detido envolvido no caso

Na última semana a Polícia Civil deteve um primeiro suspeito do crime que vitimou o professor de Educação Física Raul Giovanelli. O caso aconteceu no dia 31 de outubro, na região da Praia do Riacho, em Guarapari.

Segundo detido por crime contra professor de Guarapari pode ter ligação com outro homicídio na região
Local do crime que vitimou o professor de Educação Física Raul Giovanelli, no dia 31 de outubro.

Segundo as investigações, Raul teria tentado recuperar os pertences roubados de um idoso, quando foi atingido por tiros. O primeiro detido, preso na Serra, teria sido o executor dos disparos e o Rafael, detido esta semana, seria mandante do furto e proprietário da arma utilizada no crime.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina-65-69-3

Guarapari realiza duas ações de imunização nesta sexta-feira (21)

autores_edy_soares-e-sergio-soares-3

Autores realizam exposição literária e lançamento de livro em Guarapari

Anúncio

Anúncio

ação social adventistas1

Feira de Saúde: igreja promove ação social nesse domingo (23) em Guarapari

ovinos_gri-02

Dia de Campo em Guarapari debate produção de ovinos no Espírito Santo

Anúncio

Sesa-fachada-2-1-1-1

ES: Sesa revoga editais e processo seletivo é cancelado

vacina-covid-butantan-dose-imunizante-governo-do-es-2021-10-09

Guarapari: mutirão de vacinação contra a Covid-19 e a Influenza nesta quinta (20) no Camurugi

Anúncio