Anúncio

Além do clima, preços também estão nas alturas

Por Livia Rangel

Publicado em 26 de dezembro de 2014 às 00:00

Anúncio

Não é só o clima que está nas alturas, os preços nas praias também já subiram. Sinal que a alta temporada começou em Guarapari. É momento de gerar renda, de circular dinheiro na cidade, mas quem sente no bolso são os moradores.

Na Praia do Morro, por exemplo, um coco que custava R$ 2,00, hoje custa R$ 3,00. O queijo coalho que saia por R$ 3,00, agora é preciso pagar R$ 4,00. O churrasquinho também ficou mais salgado, passou de R$ 1,50 para R$ 3,00.

O refrigerante que antes do verão custava R$ 3,00, agora está R$ 3,50. E quem não abre mão de tomar uma gelada enquanto curte o banho de sol e mar terá que vir prevenido. O latão de cerveja que antes estava R$ 4,00, agora passou para R$ 5,00.

“Por um lado, a gente até entende, porque é o momento dos ambulantes ganharem dinheiro. Muitos sustentam a família o ano inteiro com o que ganham na alta temporada. Mas, para a gente que mora aqui, que compra o ano inteiro por preço mais em conta, até se assusta quando vê o quanto os preços sobem nessa época do ano”, afirma o técnico de informática Átila de Oliveira. 

Mas alguns produtos continuam com o mesmo preço, como é o caso do famoso e tradicional picolé: R$ 1,50. O milho também permanece com o valor da baixa temporada: R$ 3,00. Vamos esperar para ver até quando… Afinal, as praias vão começar a encher de fato a partir deste final de semana. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio