Anúncio

Ana Rita defende 30 horas para várias categorias

Por Livia Rangel

Publicado em 31 de agosto de 2011 às 00:00

Anúncio

A senadora Ana Rita (PT-ES) votou favoravelmente ao substitutivo do projeto PLC 150/09, que estabelece jornada de 30 horas semanais para psicólogos. A votação ocorreu nesta quarta-feira (31/8), na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Na pauta, também foi votado o PLC 119/10, que estabelece o mesmo teto de jornada de trabalho para fonoaudiólogos. Ana Rita defendeu as duas categorias, já que o estabelecimento das 30 horas reforça o movimento que também inclui os assistentes sociais, que já tiveram a lei aprovada.

Os dois projetos estavam sob a relatoria da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que modificou a matéria relativa aos psicólogos, uma vez que o texto original transferia para acordo ou convenção coletiva de trabalho a competência de fixar a jornada da categoria. No entendimento da relatora, compartilhado pela senadora Ana Rita, o projeto estabelecia critérios diferentes para profissionais que, pelo menos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), compõem equipes multiprofissionais de atendimento. Assim, Marta modificou e sugeriu a fixação da jornada de 30 horas tanto para psicólogos, como fonoaudiólogos, sem alteração salarial. Ambos foram aprovados na CAS.

Ana Rita parabenizou o substitutivo e ressaltou a importância da aprovação, uma vez que ajuda no estabelecimento dessa jornada para diversas categorias. “Já foi sancionada há um ano a lei que estabelece 30 horas para os assistentes sociais, no entanto, até hoje ela não foi efetivada em muitos lugares do país. O Supremo Tribunal Federal avalia Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) impetrada pela Confederação Nacional de Saúde (CNS), questionando a jornada de 30 horas. Defendo os trabalhadores e sei o quanto é importante a redução da jornada sem alteração de remuneração para esses profissionais. Eles recebem cargas grandes de trabalho diariamente e precisam se reciclar constantemente”, defendeu.

A senadora ressaltou que no dia 30 de agosto foi feito um grande movimento em Brasília pelas 30 horas dos assistentes sociais, que incluiu manifestação em favor da pauta em frente ao Congresso e ao STF e abaixo-assinado contra a Adin, que já conta com mais de 15 mil assinaturas.

Se não houver recurso para votação pelo Plenário do Senado, o PLC 119/10 seguirá direto à sanção presidencial, por não ter havido alteração no texto aprovado pela Câmara. O PLC 150/09 deverá voltar à Câmara, entretanto, por ter sido modificado por substitutivo na CAS.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da senadora Ana Rita (PT-ES)

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

rotativo_cmg-gri-2021-05-21

Prefeitura de Guarapari decreta rescisão do contrato com concessionária de estacionamento rotativo

Decisão foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial do município

Captura-de-tela-2024-07-11-164256

Justiça do Trabalho determina fim da greve na construção civil em Guarapari

Decisão judicial ordena retorno imediato dos trabalhadores e impõe multa ao sindicato em caso de descumprimento

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2024-07-18-at-16.31.41

Escritora de Guarapari leva seu livro infantil para as telas com primeiro curta-metragem

Filme foi lançado no início deste mês no Cine Ritz

WhatsApp-Image-2024-07-18-at-14.56.06

Cruzamentos da Praia do Morro já registraram mais de 30 acidentes de trânsito neste ano

Número equivale à metade das colisões no bairro

Anúncio

Forro-Bobo-2023-13

Balneário de Iriri, em Anchieta, recebe 16ª edição do Forró Bobó neste fim de semana; confira a programação

De 19 a 21 de julho, evento vai reunir música e gastronomia

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Governo do Estado declara Estado de Atenção para situação hídrica no ES

Medida foi tomada devido à falta de chuvas e estiagem nos últimos meses

Anúncio