Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Artigo: covid, omicron e pneumonia – como é passar quinze dias internado no Hospital Unimed

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 20 de março de 2022 às 09:00
Atualizado em 21 de março de 2022 às 16:28

Anúncio

Artigo: covid, omicron e pneumonia - como é passar quinze dias internado no Hospital Unimed
Foto: divulgação.

Tive a felicidade de ter boa orientação médica do Dr. Nilson Mesquita e ir para o Hospital Unimed de Vitória, já que Guarapari ainda não tem seu hospital de referência. Da recepção, fui encaminhado para a emergência, onde tive mais uma crise de tosse e falta de ar. Quase não conseguia falar! Como meu quadro não era bom, fui direto para a UTI.

Fui imediatamente medicado, passei a receber oxigênio pelo nariz e soro. Na consulta de internação, quando perguntado sobre que medicamentos tomava, esqueci de mencionar o Combodart para a próstata. Depois de dois dias não conseguia mais urinar, minha bexiga inchou e só passou com uma cânula, que liberou a passagem e aliviei.

Outra coisa que esqueci de levar foi uma placa de relaxamento intra oral, que uso ao dormir, para evitar o ronco e a perigosa apneia do sono. Depois de duas noites usando a máscara de respiração, passei outras duas passando mal e quase não conseguindo dormir. Tive mais outra crise, que só passou quando me trouxeram a bendita placa.

Artigo: covid, omicron e pneumonia - como é passar quinze dias internado no Hospital Unimed

Como ficava deitado direto na UTI, não evacuava. Fiquei assim cinco dias, justo eu que sou um relógio diário neste ponto. Quando relatei, me deram uma medicação que resolveu o problema.

Estas situações extras foram equacionadas e meu quadro que de início foi de pressão arterial 20 x 11 e oxigenação 85, com fraqueza e falta de ar, foi se normalizando para em uma semana, não ter mais sintomas, com acompanhamento especializado, vinte e quatro horas, debaixo de muita medicação dia e noite.

Em poucos dias estava normalizado a inacreditáveis 12 x 8 e oxigenação 95, desinchado e passando bem. Do medo que tive ao chegar, passei a ter confiança, tal a qualidade do atendimento que tive durante os oito dias de UTI e nos sete de quarto, para ter alta só com a certeza de estar curado e bem.

No período que estive internado, recebi atendimento de psicólogo, assistente social e até de um dentista, numa atenção que me deixou tranquilo e feliz por ter um plano de saúde da Unimed há vinte e cinco anos, que só com esta internação e desfecho, valeu por tudo o que paguei, muito tempo sem usar.

Artigo: covid, omicron e pneumonia - como é passar quinze dias internado no Hospital Unimed

Todos os dias, duas vezes por dia, recebi atendimento fisioterápico, mesmo quando ainda estava deitado e quando melhorei passou a ser sentado, para logo fazer caminhadas pelo corredor e exercícios num solário que me permitia sair do ar condicionado e respirar ar puro e tomar um pouco de sol.

Quando relatei uma hérnia inguinal que não pude operar durante a pandemia, me levaram para uma ecografia que avaliou risco e a seguir fui consultado por um especialista, que me indicou operar tão logo passasse esta fase de crise de insuficiência renal, que se agravou com meu quadro recente.

Como apresentava mãos e pés inchados, por conta do mau funcionamento dos rins, fui recomendado a fazer hemodiálise. Me colocaram um cateter e fiz cinco sessões de quatro horas cada, onde deixei cerca de dois litros de água em cada e me foi colocado um cateter para continuar fazendo.

Este procedimento simples me impressionou, pois já estava lúcido e fui levado a um centro cirúrgico de última geração, tipo aqueles de filme de médico americano. Tal imagem me transmitiu confiança, tanto que agora só vou querer ser atendido e operado no Hospital da Unimed.

Por tudo isso, impressiona a qualidade, atendimento e amor de toda a equipe, sem exceção, do Hospital Unimed de Vitória que recomendo como de primeiro nível, mais ainda considerando que morei quinze anos em São Paulo e trinta em Curitiba, onde qualidade é tudo!

Artigo: covid, omicron e pneumonia - como é passar quinze dias internado no Hospital Unimed

Bendita hora que fiz um plano de saúde com a Unimed, para mim e para meus vinte a trinta funcionários, em gratidão a uma cirurgia bem sucedida para a retirada de um tumor do tamanho de uma laranja do cérebro da minha mãe, que permitiu que ela vivesse mais vinte anos.

Vivo mais tranquilo tendo um plano de saúde Unimed, que recomendo!

*Antônio Ribeiro é administrador, com mais de vinte livros publicados nas áreas da saúde.

Mais de Antônio Ribeiro

artigo-antonio-ribeiro-2022-05-15-2

Artigo: criação de lagostas em cativeiro – um negócio ecológico e de futuro

Coluna Antônio (4)

Artigo: MUDO – Museu Guarapari completa um ano e breve serei um cidadão espírito-santense

alegria4

Artigo: O que Guarapari precisa – fé, força e felicidade!

siribeiraa-2022-04-clube-guarapari

Artigo: 75 anos do amado Clube Siribeira; uma data a ser comemorada!

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

Manifestação Colorindo Sonhos

Guarapari: mães do Colorindo Sonhos manifestaram pelos direitos dos filhos especiais

As mães se reuniram no Centro da cidade e foram caminhando até a Câmara Municipal

crime-assassinato-empresario_hugo-jose_ramos-2022-05-17-Moment-cover-2

Polícia investiga imagens que mostram morte de empresário em Guarapari

Empresário Hugo José Ramos foi morto a tiros em frente à própria casa

Anúncio

Anúncio

audiencia-cmg-centropop-2022-05-17

Audiência apresenta reclamações de moradores da região norte de Guarapari sobre o Centro Pop

Moradores apontam aumento da insegurança após instalação do Centro de Referência da População de Rua na região

Fogo Boião

Incêndio destrói cerca de 45 mil metros quadrados de vegetação em Guarapari

Anúncio

300d0ed0-d7b4-11ec-9901-75f920446a17--minified

Vídeo: fogo atinge casa em Guarapari e assusta moradores da Praia do Morro

santuario de sao jose de anchieta - foto aerea isabela prefeitura

Prefeitura divulga programação da Festa Nacional de São José de Anchieta

Abertura acontece no dia 28 de maio

Anúncio