Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. 

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 10 de julho de 2022 às 09:00
Atualizado em 12 de julho de 2022 às 10:24

Anúncio

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia
Fotos: Arquivo Pessoal.

Herbert Garcia Segura, conhecido como Paulista, é o nome pomposo de um dos personagens dos primeiros tempos da Praia do Morro, quando comprou quatro terrenos por um preço bom e neles montou a quadra de futsal e depois o cerimonial.

Marido da Sônia Garcia voluntária da Asscamarg e da Guaratampinhas Oficial, pai do Hamilton da HM e Folha da Cidade, do Hélio do Correios e da Selma da Casa das Molduras, está lúcido e saudável aos 88 anos, com muita história.

Tive sorte quanto ao dia para a entrevista, quando festejavam 61 anos de casados, no dia em que também comemoravam 39 anos em Guarapari, além da vitória do Corinthians na Argentina, pela Libertadores.

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia

Feliz e realizado, assim ele se descreve, pela família que tem, pelo que fez e pelos bons momentos vividos com amigos do futebol e das festas, que junto do Coringão são suas paixões.

Nascido no Brás, bairro que abrigou imigrantes espanhóis em São Paulo capital, casado com uma mineira maneira e tendo os filhos por perto, agora faz com tranquilidade sua caminhada e natação pela praia.

Aos 15 anos teve o primeiro e único emprego na capital paulista, em uma camisaria. Casou-se e mudou-se para um bairro afastado, onde iniciou um negócio de secos e molhados.

A família queria mudar de ares e como já estava aposentado, vieram parar em Guarapari, visitando seus primos mineiros, com que conviviam todo final de ano vindo curtir férias.

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia

Eles tinham comprado uma casa em Guarapari e falavam tão bem da cidade que veio em 1983, numa Belina, para conhecer. Apaixonou-se e comprou uma casa também.

Gostava de caminhar na praia e adorava andar no Morro da Pescaria, quando ainda não tinha a trilha e perambular pelas lindas praias da Cidade Saúde, com a família.

Como não era muito bom na linha, jogava de goleiro, mas fazia questão de ser o melhor, tanto que o time dele foi campeão na inauguração do Polivalente, ele com 54 anos.

Para ter certeza de que jogaria, além de ser o dono da bola, montou a primeira quadra de futebol de salão de Guarapari, com a qual marcou época na cidade e jogou até os 76 anos.

A quadra era tão boa e tinha tanta procura que faziam três turmas. Uma saía para tomar a gelada e já entrava outra. As vezes rolava uma carninha e alguma outra comidinha.

Com o tempo, foi ficando famosa e começaram a surgir outras quadras. O Paulista, bom empreendedor, não se apertou: começou a alugar nos sábados para festas.

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia

Assim como na quadra, ele montou tudo. Até os ladrilhos das paredes são arte dele. Para as festas foi ampliando e melhorando na decoração e na estrutura para tal.

Fez a cirurgia de catarata e perguntei se era para voltar a jogar. Deu risada! Falei que no tempo dele não podia passar dos 80. Hoje em São Paulo vão a 100!

Artigo: Paulista da Quadra marcou época quando a Praia do Morro era mais morro do que praia

Curiosidade da história, a casa que comprou fica na Rua Sevilha, uma importante e famosa cidade espanhola. Além do jeito europeu, tem sotaque paulistano.

Gente boa este Paulista. Bom de bola e bom de papo!

(*) Antônio Ribeiro é autor do Guia de Férias e Feriadões, além de outros 46 livros e mais de 160 artigos sobre Guarapari.

Mais de Antônio Ribeiro

coluna-antonio-05fev

Coluna Dom Antônio: Palestra sobre turismo de luxo movimento o setor que está aquecido em Guarapari

WhatsApp-Image-2023-01-27-at-08.34.00

Coluna Dom Antônio: Tininha Gomes saiu de Guarapari para fazer sucesso no Brasil e em 20 países do mundo!

WhatsApp-Image-2023-01-20-at-08.36.42

Coluna Dom Antônio: Assunto da semana em Guarapari toca a todas as pessoas de bem

fenômeno guarapari1

Coluna Dom Antônio: Tromba d’água em Guarapari surpreende e preocupa muito a moradores e turistas

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

Transito-Fernando-Ferrari-Foto-Victor-Amaral-12-2

Multas leves e médias podem ser convertidas em advertência por escrito no Espírito Santo

lazaro-antunes-2

Emprego em Anchieta cresce mais que na Grande Vitória

Anúncio

Anúncio

coluna-antonio-05fev

Coluna Dom Antônio: Palestra sobre turismo de luxo movimento o setor que está aquecido em Guarapari

coral-allegro

Companhia musical de Guarapari inicia audições para espetáculos

Anúncio

Doação-de-sangue-foto-estudio-matri

Hemoes registra baixa no estoque de sangue

meia das praias 22 (4)2

Meia Maratona das Praias: 6ª edição acontece neste sábado (04) e domingo (05) em Guarapari

Anúncio