Anúncio

Câmara de Guarapari realiza hoje (14) audiência pública para discutir problemas no transporte

Por Pedro Henrique Oliveira

Publicado em 14 de julho de 2022 às 08:47

Anúncio

Câmara de Guarapari realiza hoje (14) audiência pública para discutir problemas no transporte
Foto: Arquivo Folha

A Câmara Municipal de Guarapari convocou para esta quinta-feira (14) uma audiência pública para discutir a situação do transporte público na cidade. O objetivo é debater os problemas que têm afetado os passageiros há meses, como as seguidas greves dos rodoviários e a precariedade na prestação do serviço, de responsabilidade da Expresso Lorenzutti. A audiência está prevista para se iniciar às 15h.

“Nós fizemos uma primeira audiência no ano passado e passamos ao Prefeito que o contrato não está sendo cumprido pela Lorenzutti. E da nossa parte, acreditamos que deveria haver uma quebra de contrato entre a Prefeitura e a Lorenzutti por não compromisso”, explicou o vereador Denizart Zazá (Podemos), proponente da audiência.

Há meses a Expresso Lorenzutti tem enfrentado problemas para manter o funcionamento adequado do transporte na cidade. O atraso frequente no pagamento dos salários dos rodoviários gerou seguidas greves e o bloqueio de R$ 165 mil das contas da empresa no mês passado.

Na madrugada de ontem (13), a Justiça cumpriu um mandado de busca e apreensão e recolheu 17 ônibus na garagem da empresa. O processo foi solicitado pelo banco Bradesco devido ao atraso no pagamento do financiamento dos veículos. Horas depois, uma decisão judicial autorizou que os coletivos fossem devolvidos à companhia.

Em nota, a Expresso Lorenzutti lamentou o ocorrido e se disse surpreendida, pois já havia iniciado um processo de negociação com o banco. A empresa justificou que a queda na demanda por transporte durante a pandemia de covid-19 prejudicou as finanças das companhias de ônibus de todo o país e que a maioria dos sistemas brasileiros não conta com subsídios ou complementações tarifárias, como em outros países.

Ainda na manhã de ontem (13), o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari (Sintrovi) informou que conseguiu, através de decisão judicial, que a Prefeitura faça o repasse de R$175 mil para a compra antecipada de vale-transporte. O dinheiro será destinado para o pagamento do salário do mês de maio, vencido em junho, aos funcionários. A previsão é que até o início da próxima semana o valor seja liberado para todos os trabalhadores.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

carlos-von

Justiça determina que deputado de Guarapari fique inelegível; parlamentar contesta decisão

santo-antonio

Guarapari: Justiça decreta falência da rede Santo Antônio em meio a processos trabalhistas

Anúncio

Anúncio

Campanha Crescer com Viver (3)

Campanha arrecada material escolar e brinquedos para crianças atendidas em ONG de Guarapari

Captura-de-Tela-44

Licitação para reforma do Mercado de Peixe deve ser iniciada até janeiro, diz prefeito de Guarapari

Anúncio

WhatsApp-Image-2022-12-01-at-11.19.08

Nova campanha em Guarapari busca recursos para ajudar 35 animais abandonados

ubu---letreiro

Anchieta promove neste final de semana o 3ª Ublues Beer Fest

Anúncio