Anúncio

Editorial: Uma escolha inconsequente

Por Livia Rangel

Publicado em 19 de novembro de 2012 às 00:00
Atualizado em 27 de janeiro de 2015 às 14:15

Anúncio

Edson Figueiredo Magalhães. Uma figura que conquistou empatia entre o a maior parte dos moradores de Guarapari. Que construiu diversas escolas e unidades de saúde. Que asfaltou bairros ignorados por gestões anteriores. Que desenterrou o projeto de um hospital público para a cidade. Que aumentou a arrecadação do IPTU…

Mas que também se complicou na Justiça, colecionando mais de 40 processos. Que há mais de dois anos não consegue elaborar corretamente um edital para a contratação de empresa para o transporte público. Que sequer conseguiu montar uma guarda municipal de trânsito. Que sucateou a Casa da Cultura e a Biblioteca Municipal. Que não deu a devida atenção e valorização ao servidor público e viu diversos profissionais qualificados migrarem para prefeituras vizinhas em busca de melhor remuneração. Que sacramentou o apadrinhamento e coleguismo na nomeação de cargos de confiança. E que, em uma última tentativa de manter-se no poder, ousou ignorar a Constituição, buscando um terceiro mandato consecutivo.

Mesmo alertado ao longo do ano que não poderia se candidatar, Edson levou seu plano em frente e ainda contou com a irresponsabilidade de três medalhões partidários estaduais: Paulo Hartung, Ricardo Ferraço e Theodorico Ferraço. Este último chegou a afirmar em comício que Paulo Hartung iria “iluminar” as mentes dos juízes do TRE-ES para que ele tivesse sua candidatura aprovada, porém sem sucesso.

Edson não desistiu e tripudiou sobre a boa fé de seus eleitores ao afirmar que poderia ser candidato; teve oportunidade de, ao longo de seu mandato, estabelecer um sucessor e não o fez. Durante a campanha, apesar das derrotas na Justiça Eleitoral Municipal e Estadual, não colocou um substituto para disputar a eleição, como outros dois prefeitos capixabas fizeram.

Em vez disso, escolheu deixar a cidade envolvida em um turbilhão de boatos e indecisões e chegou a distribuir um folheto com o selo da Justiça Eleitoral afirmando que sua candidatura estava liberada, causando mais confusão entre o eleitorado. Aproveitou-se do seu nome forte e imagem carismática, possuidora uma verdadeira camada de teflon político: nenhuma gordura de corrupção cola nele. Isso tudo para quê? Só ele deve saber…

Agora já foi definido pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral: teremos novas eleições. Mas isso não quer dizer que está tudo resolvido. Partidos já começam a se articular e mesmo antes da convocação oficial pelo TRE, já se ouve comentários sobre nove pré-candidatos à Prefeitura e três nomes são ventilados como possíveis apadrinhados de Magalhães.

Então perguntamos mais uma vez: não teria sido mais fácil e melhor para a população de Guarapari que Edson tivesse colocado outra pessoa no seu lugar? Agora já saberíamos quem tomaria posse no dia 1º de janeiro e comandaria a cidade.

Janeiro é o mês mais economicamente ativo da cidade. IPTU, renovação de contratos e convênios, chegada de turistas etc… Por um ato de inconsequência e, por que não, egoísmo, a cidade poderá viver um caos no começo de 2013. Quem vai governar? Essa pessoa terá autonomia para nomear secretários? Para assinar contratos? Esses documentos poderão ser anulados depois? Enfim, a sorte está lançada… e, mais uma vez, a população perde.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

olimpiadas-2020-2021-07-23

Artigo: Espírito Santo na disputa de medalhas nas Olimpíadas 2020 atrasadas de Tóquio

IMAGEM-DO-ARTIGO-imoveis-2021-07-23

Artigo: quatro pontos que todo locador deve saber antes de alugar seu imóvel

Anúncio

Anúncio

ifes guarapari 2

Ifes de Guarapari está com inscrições abertas para cursos técnicos gratuitos

Ao todo, estão sendo ofertadas 108 vagas distribuídas entre os cursos concomitantes noturnos de Administração, Eletrotécnica e Mecânica

doacao-de-sangue-hemoes

Solidariedade x Covid-19: Hemoes precisa de mais doadores de sangue

Anúncio

65o-MAPA-DE-RISCO-26.07-a-01.08-1

65° Mapa de Risco Covid-19: Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves seguem em risco baixo

Novo mapa segue com apenas 6 municípios em risco moderado em todo o estado

Job Jiu-JitsuSDC

Projeto Social de Guarapari brilha em mundial de Jiu-Jitsu

Atletas de várias idades se destacaram em disputa realizada no Rio de Janeiro

Anúncio