Anúncio

Eleições: Casagrande e Hartung iniciam o debate

Por Livia Rangel

Publicado em 11 de julho de 2014 às 00:00
Atualizado em 27 de janeiro de 2015 às 10:31

Anúncio

A corrida pelo Palácio Anchieta já começou e dessa vez, os debates serão quentes, como não se via, pelo menos, desde 2002. Principais polos da disputa, Paulo Hartung  e Renato Casagrande trilham caminhos e discursos opostos.

O atual governador reuniu a imprensa no dia 30 de junho para rebater as críticas feitas pelo seu antecessor e agora adversário. Um dia antes, Paulo Hartung colocou oficialmente sua candidatura na convenção do PMDB e afirmou, entre outras colocações que “o governo que se elegeu propondo a continuidade e se comprometeu com o avanço não cumpriu seu compromisso, tropeçando nas próprias pernas” e que “não teria colocado o nome à disposição para candidato ao governo se o Espírito Santo não tivesse perdido o rumo”.

Casagrande classifica que sua administração foi “alvejada” no discurso de Hartung. Além de classificar que o peemedebista tem um projeto pessoal, o governador garante que recebeu o governo com problemas em diversas áreas.

“Não parei nenhuma obra. Acertei obras que começaram de forma equivocada, sem projeto executivo. Como o Cais das Artes, o Kleber Andrade, Leste Oeste, São Lucas. Obras que tive que refazer projeto, corrigir rumos, recontratar. Tive que chamar a segunda colocada no caso do Kleber Andrade. Mas eu nunca falei disso. A forma eleitoreira que foi colocado só pra justificar uma candidatura que é um projeto pessoal, exigiu do governador uma resposta a essa fala”, disparou.

Apesar de admitir que assumiu um Estado financeiramente de maneira “adequada”, o socialista reitera que havia grande déficit nas áreas de saúde, segurança, educação e distribuição de renda.

O atual governador separou sua administração da anterior, defendendo que “o estilo do antigo governo é sem distribuição de riquezas e concentrador”, e o atual governo “distribui riqueza na ampliação de recursos nas áreas sociais e serviços públicos”. Também se disse surpreso com a forma que Hartung atacou seu governo. “Ele teve três anos e meio para fazer críticas, só porque ele virou candidato, mudou seu comportamento”, afirma ele, que conta que não ia adotar o tom comparativo nas eleições, mas agora está à vontade para fazer isso. “A comparação será necessária”, analisou.

Outros candidatos cotados para disputar o governo são o atual deputado estadual Roberto Carlos (PT) e Camila Valadão (PSOL). O prazo para registro de candidaturas vai até 05 de julho.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio