Anúncio

Guarapari pode ser destaque na produção de uvas

Por Sara de Oliveira

Publicado em 22 de setembro de 2019 às 12:00
Atualizado em 21 de setembro de 2019 às 14:48
Anúncio

Dando continuidade à série especial de reportagens em comemoração aos 128 anos de emancipação política de Guarapari, a matéria a seguir fala sobre o projeto de implantação do cultivo de uvas no município, uma parceria entre a prefeitura e o Incaper.

As mudas distribuídas ainda estão em fase de formação. Fotos: Arquivo Pessoal.

Um programa de implantação da vinicultura em Guarapari foi iniciado no ano passado e busca desenvolver um polo de produção de uvas no município.

Parece que nem só de praias viverá Guarapari. O projeto de implantação do cultivo de uvas, iniciado no ano passado, começa a ganhar forma e já distribuiu 22.500 mudas por diversas comunidades do município. As plantações ainda estão em fase de formação, mas a expectativa é que, futuramente, Guarapari se destaque na produção de uvas in natura, suco e vinho.

O engenheiro agrônomo Cassio Vinicius de Souza, extensionista do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), explicou que a implantação da vinicultura em Guarapari surgiu por meio de uma parceria entre o instituto e a prefeitura. “Nós entramos com todos os conhecimentos tecnológicos sobre o cultivo e a assistência técnica, enquanto a prefeitura entrou com a compra das mudas”, afirmou.

Após a elaboração do projeto técnico, foi feita a apresentação do programa para os produtores de Guarapari. De acordo com o extensionista, 12.500 mudas foram distribuídas em 2018 e outras 10 mil este ano. “Abriu-se um cadastro para os produtores interessados e agora eles têm sido capacitados com técnicas de cultivo, de plantio, de irrigação, de controle de pragas, de adubação e tudo que envolve o manejo da cultura”, esclareceu.

Sandra Regina Butke é uma das participantes do programa. A produtora possui uma propriedade na comunidade de Aldeia Velha, em Guarapari, e conta que participou de cursos e palestras promovidos pelo Incaper. De acordo com ela, a lavoura, iniciada com mil mudas, está em formação e a primeira safra será entre 2021 e 2022. “Estou com muita expectativa. Pela nobreza da cultura e pelo potencial da atividade estar atrelada à agroindústria e ao turismo rural”, declarou.

A produtora Sandra Butke é uma das participantes do programa.

O extensionista Cássio esclareceu que somente após os três primeiros anos agrícolas começa a produção. “A atividade da vinicultura é perene. Aqui no município, já se passou um pouco mais de um ano do início do programa. As mudas que foram distribuídas no ano passado já estão bem desenvolvidas e os resultados estão bem satisfatórios”, declarou.

Questionado sobre qual seria o clima ideal para a produção de uvas, o engenheiro agrônomo aproveitou para esclarecer um mito sobre o assunto. “Muitas pessoas têm a visão de que a vinicultura só é possível em locais com temperaturas mais baixas, mas isso é uma ideia errônea. A vantagem de se produzir em um clima mais quente é que você consegue mais de uma safra por ano. Porque a planta vai apresentar um vigor maior, vai vegetar mais, e vai ter maior velocidade de maturação do fruto”, informou.

Cassio adiantou que o primeiro Dia de Campo em uma lavoura de Guarapari acontecerá entre junho e julho de 2020, com o intuito de mostrar as técnicas de cultivo para produtores e para pessoas interessadas em adentrar ao mundo da vinicultura. “O programa promete que o município tenha destaque a nível estadual e, a longo prazo, um destaque nacional na produção de uva e vinho de qualidade”, concluiu.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais 75 casos da Covid-19 são notificados em Guarapari

Com isso, a cidade totaliza 10.682 notificações; 3.324 casos estão confirmados

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

Anúncio
Anúncio
chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

Anúncio
dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Anúncio