Anúncio

Procon-ES lança canal tira-dúvidas via WhatsApp

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 21 de abril de 2021 às 12:00
Atualizado em 22 de abril de 2021 às 15:40

Anúncio

Foto: reprodução.

O Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES) lançou nessa segunda-feira (19), um novo canal de atendimento para o consumidor capixaba. Por meio do WhatsApp Tira-Dúvidas Procon-ES, o cidadão vai receber orientações sobre os seus direitos de forma rápida e prática.

O WhatsApp Tira-Dúvidas Procon-ES vai aproximar ainda mais o consumidor dos seus direitos. Pelo aplicativo, é possível enviar denúncias, consultar o andamento de reclamações abertas e esclarecer dúvidas sobre produtos adquiridos e serviços contratados, como problemas com energia elétrica, água, telefonia celular e fixa, internet, TV por assinatura, plano de saúde, defeitos em produtos, empréstimos, financiamentos, cartões de crédito, crediário em lojas e outros problemas relacionados ao consumo.

Para ser atendido, o consumidor deve ter instalado o aplicativo WhatsApp no seu aparelho celular e salvar o número telefônico do Procon-ES (27) 3323-6237 na sua agenda de contatos. Os atendimentos serão realizados de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 17, exceto feriados.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, informou que devido ao crescimento da demanda pelos canais de atendimento existentes, o órgão está lançando essa nova modalidade tira-dúvidas com o objetivo de aproximar ainda mais os consumidores do Procon-ES e dos seus direitos.

“A internet tem facilitado o acesso do cidadão aos seus direitos e o atendimento on-line já é uma tendência. Pretendemos com essa iniciativa ajudar o consumidor para que possa tirar as suas dúvidas de forma prática e rápida e de qualquer lugar”, ressaltou.

Reclamações

O registro de reclamação deve ser formalizado pelo App Procon-ES (Android) ou pelo e-mail [email protected] Importante informar os dados completos do titular como nome, data de nascimento, endereço, telefone e e-mail para contato e anexar cópia dos documentos pessoais (RG, CPF) e dos documentos que comprovem a relação de consumo como nota fiscal, ordem de serviço, faturas, boletos, contratos, dentre outros para que a empresa seja notificada.

*Com informações: Governo do ES.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Guarapari vai sediar retomada dos Jogos Escolares do Espírito Santo em setembro

De acordo com Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, evento deve contar apenas com municípios campeões das últimas etapas realizadas em 2019

artigo-2-2021-07-30-1

Artigo: danos morais no Direito do Trabalho

Anúncio

Anúncio

cover-painel-covid-19-julho01

Guarapari teve 12 óbitos e 460 novos casos de Covid-19 em julho

Números apresentam queda, em relação ao mês anterior

notificação covid

Taxa de transmissão da Covid-19 é a menor no Espírito Santo desde o início da pandemia

Dado foi divulgado em pronunciamento para apresentação do 66° Mapa de Risco Covid-19

Anúncio

progressao-salarial-professores

Guarapari vai pagar R$1,06 milhão de Progressão aos profissionais da Educação

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

Anúncio