Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Hospital Maternidade Guarapari tem data para acabar: Dezembro

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 1 de março de 2020 às 15:00
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 18:05
Anúncio

Antônio Ribeiro (*)

Fui convidado pela secretária Cristina do Meio ambiente, para conhecer a muito falada obra do futuro hospital da Cidade Saúde. Como era boca livre, achei que haveria uma multidão, fui cedo.

Mesmo havendo cadeiras, a maioria não queria sentar, mesmo com convite expresso do prefeito, depois do cerimonialista oficial, talvez pensando em aproveitar mais o café, assim que servido.

De bom para solenidades públicas, é que foram somente dois discursos, primeiro da Deputada Federal Norma Ayub, que foi prefeita de Itapemirim, seguida do anfitrião, Edson Magalhães.

Este antecipou que sua amiga Norma estava doando dois caminhões e uma retroescavadeira. Quando perguntaram se já haviam chegado, senti um receio que a Deputada viesse pilotando.

Para a visita à obra, dos cerca de cem que compareceram, só uns trinta se habilitaram. Criticar muitos querem, ver e conferir o que é verdade e o que é notícia falsa, só poucos se propõem a fazer.

Obvio que da oposição não compareceu ninguém. Melhor, pois assim sobrou mais do farto café e com menos se pode ver melhor, até porque era obrigatório o uso do capacete na visitação.

Subi com o grupo até o quarto andar e constatei que toda a estrutura está pronta, faltando somente concretar a última laje, para dar a obra por pronta, faltando somente as paredes internas.

Como subir paredes é a parte mais rápida, a promessa de terminar a obra até dezembro, é viável pois aí faltarão somente parte hidráulica e elétrica, além dos forros e pisos no acabamento.

Sou dos que torcem para que dê certo, já que Guarapari precisa há muito de um hospital a altura e não de mais uma obra inacabada. Aí ficará para o próximo prefeito a parte de equipar e gerir.

Não se trata de ser contra ou a favor do prefeito Edson Magalhães, mas de ser a favor de Guarapari, que precisa muito deste hospital, que com dinheiro federal prometido pela Deputada Norma, sai.

Como se trata de ano eleitoral municipal, a chance de que termine é grande, pelo que já existe pronto e pelo que falta. Mas dependerá muito da força política do prefeito e sua amiga em Brasília..

Parece que os bons ventos estão soprando no Planalto Central para que nada  derrube nosso sonho. Nem uma retroescavadeira guiada por um maluco!

(*) Especialista em Marketing pela PUC, Master Business Administration pela FGV e Administrador pela Universidade Mackenzie.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Com 3.357 casos da Covid-19 confirmados, Guarapari tem 121 sob investigação

Imagem artigo

Artigo: O uso indevido da Lei Maria da Penha

E o reflexo prejudicial às mulheres que de fato precisam da proteção legal

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Grupo de doadores de sangue de Guarapari convoca voluntários para ação

O Projeto Esther-Doe Sangue Salve Vidas realiza doação pelo menos duas vezes por mês com transporte gratuito para os voluntários

AfroChaves

Alfredo Chaves: associação recolhe óleo usado para fabricar sabão e doar

Anúncio
classroom-2093743_1280

Governo do ES autoriza aulas presenciais a partir de 05 de outubro

A suspensão das aulas foi uma das primeiras medidas de enfrentamento à pandemia tomadas em março.

Parque de Itaúnas - Paulo Sena - Seama

Parques estaduais abrirão neste final de semana

Anúncio